Cidadeverde.com
Esporte

Ucrânia vence Escócia em 1º jogo após a guerra fica a um passo da Copa

Imprimir

A Ucrânia venceu a Escócia por 3 a 1, nesta quarta-feira (1º), em partida válida pela repescagem europeia para a Copa do Mundo do Qatar. Os gols do jogo foram marcados por Yarmolenko, Yaremchuk e Dovbyk, para os ucranianos, e McGregor, para os escoceses.

O confronto estava originalmente agendado para março, mas por conta da invasão da Rússia à Ucrânia, teve que ser adiado.

A Ucrânia volta a campo no próximo domingo (05) e enfrenta o País de Gales para definir o último representante europeu para a Copa do Mundo. O classificado ficará no Grupo B, com Inglaterra, Irã e Estados Unidos como adversários da primeira fase.

Se conseguir a vaga, será a segunda participação da Ucrânia em Copas. A primeira foi em 2006, quando caiu nas quartas de final diante da Itália, que foi a campeã daquela edição.

Os jogadores da Ucrânia entraram no gramado do Hampden enrolados em bandeiras do país. Além disso, muitos torcedores presentes no estádio levantaram cartazes e bandeiras em apoio aos ucranianos.

Em duas oportunidades o goleiro da Escócia salvou seu país. Primeiro, após um bate e rebate na área, a bola sobrou para Yarmolenko, que girou finalizando à queima-roupa. Gordon conseguiu fazer a defesa em dois tempos.

Pouco depois, Tsyhankov roubou bola no campo de ataque, foi até a meia-lua e passou para Yaremchuk nas costas de Hanley. O atacante ficou cara a cara com o goleiro, que saiu bem para evitar a finalização.

Depois de algumas tentativas, a Ucrânia conseguiu furar a defesa escocesa para abrir o placar. Stepanenko fez lançamento da intermediária defensiva, Yarmolenko deixou a bola quicar e tocou por cobertura na saída de Gordon.

A segunda etapa da partida já começou com fortes emoções. Sem nem dar tempo da Escócia colocar em campo o que seu treinador pediu no intervalo, a Ucrânia ampliou sua vantagem. Karavaev fez um cruzamento certeiro para Yaremchuk, que subiu bem e cabeceou no canto esquerdo de Gordon.

McTominay foi para o ataque, cruzou em cima de Bushchan e o goleiro espalmou para o meio da área. No rebote, McGinn, de frente para o gol, testou fraco rente à trave esquerda do gol ucraniano. 

Os escoceses já estavam prestes a comemorar quando lamentaram a chance perdida.

Após goleiro da ucraniana afastar parcialmente um cruzamento, a bola sobrou para McGregor, na entrada da área, que finalizou de qualquer jeito. 

Bushchan falhou, ela foi quicando até o gol e Stepanenko só conseguiu tirar quando a bola já havia passado da linha. A Escócia descontou o placar faltando poucos minutos para o fim da partida.

No último lance da partida, Zinchenko roubou a bola no campo de defesa, acionou Dovbyk pelo meio, em posição legal, ele avançou em velocidade, livre, entrou na área e finalizou na saída de Gordon.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir