Cidadeverde.com
Esporte

Holanda vence Estados Unidos com 3 gols e é 1ª nas quartas da Copa

Imprimir

Foto: DiaEsportivo/Folhapress

Denzel Dumfries, de 26 anos, decidiu o jogo para a Holanda. Deu duas assistências, tirou uma bola em cima da linha e, quando os Estados Unidos ameaçaram, fez o terceiro gol na vitória por 3 a 1, no Estádio Internacional Khalifa, garantindo a ida do time às quartas de final desta Copa do Mundo.

Seu sonho sempre foi defender a Holanda. Ele chegou a atuar por Aruba, sob a condição de que os jogos não fossem oficiais, para manter o sonho vivo quando ainda era adolescente, em 2014. O objetivo deu certo dois anos depois, quando passou a ser convocado para os times de base do país europeu.

A estreia entre os profissionais foi em 2018 como parte da geração que tentaria trazer a Holanda de volta à Copa do Mundo após sequer participar da edição daquele ano, disputada na Rússia.

Em campo, ele passou para Memphis Depay aos oito minutos. A bola veio perfeita no pé direito do atacante, que emendou um bonito chute de primeira e balançou a rede, aos nove. O segundo gol, aos 45, seguiu a mesma cartilha, mudando somente o finalizador. Daley Blind fez o dele, quase repetindo Memphis, e comemorou com seu pai, Danny Blind, que estava na beira do gramado.

Os Estados Unidos tentaram pressionar e diminuíram com Wright, aos 30 do segundo tempo. Cinco minutos depois, porém, foi a vez de Dumfries receber cruzamento de Blind para deixar o dele e definir o placar.

A Holanda agora aguarda a definição da partida entre Argentina e Austrália para saber quem enfrentará nas quartas. O jogo será disputado na sexta-feira (9), às 16h, no estádio de Lusail.

  • Local: Estádio Internacional Khalifa, em Al-Rayyan, no Qatar
  • Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (BRA)
  • Assistentes: Bruno Boschilia e Bruno Pires (ambos do BRA)
  • VAR: Nicolás Gallo (COL)
  • Público: 44.846 torcedores
  • Gols: Memphis Depay, aos 9min, e Daley Blind, aos 45min do primeiro tempo; Wright, aos 30min, e Dumfries, aos 35min do 2º
  • Cartões amarelos: Koopmeiners e De Jong
  • HOLANDA: Noppert; Timber, van Dijk, Aké; Dumfries, Klaassen, De Roon, De Jong e Blind; Depay e Gakpo. Técnico: Louis van Gaal
  • EUA: Turner; Dest, Zimmerman, Ream e Robinson; Musah, Adams e McKennie; Ferreira, Weah e Pulisic. Técnico: Gregg Berhalte

 

Fonte: Folhapress

Imprimir