Cidadeverde.com

Coluna de 27 e 28/03/2020


A nutricionista Lívia França e o empresário Jânio Oliveira estão radiantes com a chegada do primogênito Antônio. O bebê nasceu no dia 20 de março e foi o presente antecipado de Lívia, que aniversariou no dia 23. Muita saúde e paz para a família! 

Benção "Urbi et Orbi"
A expressão latina “Urbi et Orbi” significa “à cidade [de Roma] e ao mundo”. Esse é o nome dado à bênção pronunciada pelo Papa, na sacada central da Basílica São Pedro, em três ocasiões. Todos os anos, o rito é celebrado no dia de Natal e no dia da Páscoa, as maiores festas cristãs. Além dessas datas, a bênção é concedida no dia da eleição de um novo Papa, logo após o resultado do Conclave.
 

Benção "Urbi et Orbi" II
Hoje o Papa Francisco dará uma Bênção Urbi et Orbi extraordinária com a Praça de São Pedro vazia. O Papa dirigirá um momento de oração no átrio da Basílica de São Pedro, às 18h (horário de Roma) e 14h (horário de Brasília), e depois de rezar com a Palavra de Deus e Adoração ao Santíssimo Sacramento, o Papa concederá a Bênção Urbi et Orbi. Para obter a Indulgência plenária, os doentes, as pessoas em quarentena, os profissionais de saúde e familiares que se expõem ao risco de contágio para ajudar quem foi afetado pela Covid-19, poderão simplesmente recitar o Credo, o Pai-Nosso e uma oração a Maria.
 


Durante o distanciamento social, o padre Nilton Pereira tem dedicado o seu tempo a testar novas receitas culinárias, cuidar da casa e dos animais dele. No registro, o padre apresenta a produção de compotas de maçã nas versões diet e tradicional. Além destes prazeres domésticos, o padre tem orado muito e hoje, às 19h, transmitirá uma santa missa por meio do Instagram
 

Erramos 
O prefeito de Milão, Giuseppe Sala, reconheceu ontem que errou ao apoiar a campanha "Milão não para". Lançada há um mês, no dia 26 de fevereiro, a campanha estimulou os moradores da cidade italiana a continuar as atividades econômicas e sociais, mesmo com a pandemia do novo coronavírus. No início da divulgação da hashtag na internet, a Lombardia, região setentrional da Itália, tinha 258 pessoas infectadas pelo vírus e o país inteiro contabilizava 12 mortes.

Erramos II
Hoje, Milão é a província da Itália mais atingida pela Covid-19, registrando 32.346 casos de pessoas contaminadas e 4.474 óbitos, de acordo com balanço da Defesa Civil divulgado na quinta-feira, dia 26 de março. Em termos quantitativos, a cidade abriga 40,1% da população italiana acometida pela doença, representando 54,4% das mortes no país.


A odontóloga Celina Lages tem aproveitado o distanciamento social para se atualizar com as Lives do renomado odontólogo Rafael Calixto, que é uma grande referência na área no Brasil. Além da atualização profissional, Celina tem curtido o tempo livre em casa dedicando-se a afazeres domésticos, como a limpeza de louças e pratas 
 

Rotary Solidário 
Os clubes de Rotary de Teresina estão unidos contra a Covid-19 e organizaram uma campanha de doação. Com os valores arrecadados, serão adquiridos equipamentos e materiais de limpeza para entrega a famílias carentes. As doações podem ser feitas por meio da Caixa Econômica Federal, agência 3829 - operação 003 e conta corrente 1212-2. 


Toda a felicidade do mundo para o jornalista Clebson Lustosa, que hoje troca de idade. Parabéns!
 

Happy Birthday
Quem sopra velinhas nesta sexta é Clebson Lustosa, Cristiano Leal, Ronaldo Souza, Sergio Ricardo, Bruna Guimarães Sampaio, Débora Oliveira e Uilana Pinheiro. Parabéns!
 


A querida odontóloga Marta Canuto aniversaria neste sábado, dia 28. A ela, desejamos muita saúde, paz e mais sucesso! Feliz Vida! 

 

Velinhas
Marta Canuto, Kamyla Lustosa, Miro Silva, Diego Melo, Manuela Holanda, Arnaldo Rodrigues, Thiago Rodrigues Leão e Fabricio Willians estão entre os aniversariantes do sábado. Felicidades!

Alta hospitalar 
O jornalista Marcelo Magno teve alta hospitalar nesta sexta-feira (27), após contrair a Covid-19. Marcelo estava internado desde o dia 15 de março e chegou a respirar com ajuda de aparelhos por uma semana. O jornalista recebeu alta hospitalar após ter sido submetido a um novo exame e o resultado ter dado negativo.

 


Em tempos de quarentena, o urologista Giuliano Aita e equipe recorrem ao atendimento à distância para continuar atendendo aos seus pacientes. A prática foi regulamentada pelo Ministério da Saúde na última semana. Através de uma plataforma digital, pacientes podem dispor de atendimento remoto como diagnósticos, consultas, monitoramento de quadros clínicos e até receitas com assinatura digitalizada. Um alívio para quem precisa de acompanhamento especializado

 

Máscaras Face Shield
Hospitais dos municípios de Parnaíba e Campo Maior receberão 1500 máscaras Face Shields para serem usadas pelos profissionais de saúde que atuam no tratamento de pacientes com a Covid-19. A produção dos equipamentos começa neste sábado (28) e a entrega será iniciada na próxima semana à medida que as shields ficarem prontas. As doações são feitas pela TRON Robótica e parceiros com apoio da FIEPI e SESC PI-MG.

Vaquinha online 
A iniciativa também arrecada doações para fazer chegar a várias cidades do Estado a máscara, que é produzida especialmente para profissionais de saúde. A Face Shiel é reutilizável e produzida em impressora 3D com um material biodegradável que usa discos de algodão como filtro. Para doar, basta acessar o site vaka.me/950362.

 


Com o objetivo de combater o avanço da pandemia do coronavírus no Estado, voluntários do Pense Piauí, em parceria com a FADEX/UFPI, se reúnem para produzir equipamentos de proteção individual para distribuir em hospitais, Unidades Básicas de Saúde e UPAS. Na quarta (25), alguns setores já receberam as doações. Ao todo, foram 1000 máscaras e 350 jalecos distribuídos para o HGV, Hospital Natan Portela, Hospital Infantil e Maternidade Dona Evangelina Rosa. Para que essas ações continuem, é necessário que a sociedade ajude com doações por meio da conta do Banco do Brasil: agência (3791-5); conta (10250-4). A medida é um esforço humanitário, comunitário e voluntário. Vamos contribuir!

 

Desmatamento X Coronavírus 
O que o desmatamento tem a ver com a aceleração no ritmo das epidemias e pandemias, como a atual de coronavírus? Tudo. E quem diz isso não faz parte de nenhum grupo ecologista radical. A afirmação está, por exemplo, em artigo publicado pelo Fórum Econômico Mundial, entidade que reúne uma vez por ano os líderes empresariais e políticos do mundo em Davos (Suíça). Segundo pesquisa, 31% dos 12.012 surtos em todo mundo entre os anos de 1980 e 2013 estão ligados diretamente a ambientes que foram devastados. O cálculo é que 65% das doenças que surgiram nas últimas quatro décadas sejam zoonoses.

Zoonoses 
Animais silvestres, seja por caça, comércio ou perda de habitat, entraram em contato com o homem, passando doenças que antes estavam restritas à selva. Foi assim com o ébola, zika, Aids e agora com o coronavírus. A origem mais aceita cientificamente é que o Covid-19 contaminou humanos a partir do mercado de Wuhan, na China, que comercializava animais (vivos ou mortos) como morcegos, cobras, civetas, entre outros animais silvestres. E essa é uma história que se repete. O surto de ébola de 2014, na África Ocidental, se deu por contato com macacos. Já as mortes pelo nipah em Bangladesh, em 2004, aconteceram pela proximidade com fluídos de morcegos chamados de "raposas voadoras". Esses dois vírus têm letalidade bem maior que o coronavírus e são classificados como "bombas-relógio" que também podem causar pandemias. Confira o artigo aqui

 

 

Colunas anteriores