Cidadeverde.com

Abaixo-assinado quer impedir que painel de igreja seja tombado pelo Iphan

  • igrejapainel11111.jpg José Luis (Jornalesp.com)
  • igrejapainel1222.jpg José Luis (Jornalesp.com)
  • igrejapainel1000.jpg José Luis (Jornalesp.com)
  • igrejapainel222.jpg José Luis (Jornalesp.com)
  • igrejapainel111.jpg José Luis (Jornalesp.com)
  • igrejapainel99.jpg José Luis (Jornalesp.com)
  • igrejapainel22.jpg José Luis (Jornalesp.com)
  • igrejapainel12.jpg José Luis (Jornalesp.com)
  • igrejapainel10.jpg José Luis (Jornalesp.com)
  • igrejapainel9.jpg José Luis (Jornalesp.com)
  • igrejapainel8.jpg José Luis (Jornalesp.com)
  • igrejapainel7.jpg José Luis (Jornalesp.com)
  • igrejapainel6.jpg José Luis (Jornalesp.com)
  • igrejapainel5.jpg José Luis (Jornalesp.com)
  • igrejapainel4.jpg José Luis (Jornalesp.com)
  • igrejapainel3.jpg José Luis (Jornalesp.com)
  • igrejapainel2.jpg José Luis (Jornalesp.com)
  • igrejapainel1.jpg José Luis (Jornalesp.com)

O painel "Calvário de Cristo", pintado pelo artista João Batista Bezerra da Cruz em Esperantina continua causando polêmica na região. Esta semana um abaixo-assinado começou a circular no município para recolher assinaturas contrárias a um possível tombamento do local pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico (Iphan). Em 2015 o instituto realizou um parecer técnico da obra após a solicitação de preservação do painel mas até então, não se posicionou oficialmente sobre a possibilidade. A obra divide opiniões no município.

O pároco Evandro Alves da Silva divulgou durante missa na Igreja Matriz de Nossa Senhora da Boa Esperança, o abaixo assinado. O texto, lido pelo padre, afirma: "buscamos sempre o melhor para o nosso aconchego no louvor a Deus e na escuta de sua palavra, pedimos humildemente nosso direito de continuar cuidando e preservando o nosso templo de oração, como nós, fieis acharmos melhor".

Em contato com o Cidadeverde.com o padre explica que o documento é de cunho popular e não é encabeçado pela igreja. Segundo ele, há uma insatisfação dos fieis em relação ao painel. "Eu realmente falei sobre o abaixo assinado na igreja mas o documento tem cunho popular, não é encabeçado pela igreja. O povo que tem interesse em retirar o painel. Dependendo da quantidade de assinaturas ele deve ser remetido a nós e para outras entidades como o Ministério Público e o próprio Iphan", explicou.

Em entrevista ao programa "Feito em Casa" da TV Cidade Verde, o padre afirmou que não existe um apoio geral da comunidade à manutenção do painel, por isso, houve uma decisão episcopal, tomada após conversa com o bispo Dom Juarez, de Parnaíba(PI), para que a obra seja preservada por enquanto até que se monte uma comissão na cidade para avaliar se o povo de Esperantina quer que o painel saia ou permaneça na igreja.

Cineas Santos, que é presidente do Conselho Estadual de Cultura afirmou que irá se manifestar oficialmente contra a destruição da obra.

Leia na íntegra o texto do abaixo assinado:

Os abaixo-assinados, Católicos, Apostólicos Romanos, fieis da Igreja de Nossa Senhora da Boa Esperança com sede na Praça Leônidas Melo, cidade de Esperantina-PI, solicitam as autoridades do IPHAN, Ministério Público e do Clero Diocesano, na pessoa do senhor Bispo, Dom Juarez Sousa da Silva e de nosso pároco, Padre, Evandro Alves da Silva, que não seja feita o TOMBAMENTO da nossa IGREJA DE NOSSA SENHORA DA BOA ESPERANÇA, pois, nós, católicos, filhos e filhas presentes e ausentes de Esperantina, sentimo-nos ameaçados de ter nossa Igreja Matriz de Nossa Senhora da Boa Esperança, tombada.

 Pela fé e amor que temos ao nosso templo religioso, desde a sua construção iniciada em 1908 e preservada até os dias de hoje, não aceitamos que nosso principal patrimônio autônomo que nos acolhe para a escuta da palavra seja tombado. 

Esta nossa casa de oração: Igreja Matriz, já passou por várias reformas: ampliação da torre, modificação na capela do santíssimo, troca de piso no altar, e até mudanças na sua estrutura original. 

E como buscamos sempre o melhor para o nosso aconchego no louvor a Deus e na escuta de sua palavra, pedimos humildemente nosso direito de continuar cuidando e preservando o nosso templo de oração, como nós, fieis acharmos melhor. 

Diante de tudo isto citado, e imbuídos de nosso sentimento de amor a nossa Igreja Matriz, clamamos as autoridades mencionadas anteriormente, para que sintam o que estamos sentindo, nos apoiem e intercedam para não ser tombado o principal templo que temos para professar a nossa crença nos cultos e celebrações da palavra e no banquete da eucaristia.

Esperançosos, subscrevemos-nos atenciosamente.

Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com