Cidadeverde.com
Geral

Polícia divulga últimos passos de Emídio Reis antes de ser executado

Imprimir
A Polícia Civil do Piauí divulgou nesta segunda-feira (17) uma simulação de imagens mostrando os últimos passos do ex-vereador de São Julião Emídio Reis antes de ser assassinado. A técnica de rastreamento do aparelho celular da vítima foi a mesma utilizada para identificar os assassinos da juíza Patrícia Acioly no Rio de Janeiro.


A parafernália digital rastreia o aparelho celular da vítima e faz comparativos com os locais e horários onde os suspeitos estiveram. O monitoramento é feito num raio próximo de onde passou a vítima e os acusados.


Na investigação foi confirmado que o ex-vereador estava sendo seguido por Antônio Virgílio, que seria a “isca” para Emídio parar e ser rendido pela quadrilha. Virgílio foi um dos cinco presos na Operação Mandacaru, realizada na semana passada. Uma pessoa ainda está foragida.


A animação

A animação utilizou os mapas do Google Earth para ilustrar os passos de Emídio desde às 7 horas, no dia 31 de janeiro quando ele sai de casa em Picos, usando as ligações telefônicas realizadas ao longo do dia. No final da tarde, após passar por uma gráfica e seguir em direção à estrada do clube dos professores, que levava a BR-316 com destino a São Julião, a ligação foi rastreada às 17h58. Às 18h e às 18h02, Emídio efetua suas últimas ligações.


Às 17h21, Virgílio efetua ligação no mesmo azimute de Emídio, três minutos antes ele estava no Centro de Picos. 13 minutos depois ele efetua outra ligação, permanecendo na mesma região. Às 17h49, Virgílio efetua ligação e permanece na área até às 17h57. No espaço de cinco minutos recebe ligações de duas torres diferentes e consecutivas, indicando que estavam fazendo o mesmo trajeto de Emídio Reis.



Às 17h59, a “isca” recebe ligação da mesma torre que Emídio estava.  Três minutos depois ele recebeu uma ligação no mesmo setor de cobertura em que a vítima também utilizava telefone. Para a polícia é um indicativo de que vinha fazendo o mesmo trajeto.

Às 21h26, Virgílio efetua mais uma ligação nessa mesma área. No depoimento dado à Polícia, ele informou que estava no município de Alagoinha. Versão que não condiz com os dados fornecidos pela operadora do celular.

Matéria relacionada:


Caroline Oliveira
carolineoliveira@cidadeverde.com
Imprimir