Cidadeverde.com
Política

Oposição vai propor decreto para reverter reajuste de passagem

Imprimir

Oposição e aliados do prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), já tem embate marcado na volta do recesso na Câmara Municipal. O vereador Edilberto Borges, o Dudu do PT, vai propor um decreto legislativo para reverter o reajuste da passagem do transporte coletivo da capital. Desde a última sexta-feira (6) os usuários estão pagando R$ 3,30. Antes, o valor cobrado era de R$ 2,75.

“Meus advogados estão preparando uma ação. Irei ao Ministério Público, à justiça, e estou preparando um decreto legislativo suspendendo as ações do prefeito”, disse Dudu à TV Cidade Verde.

O parlamentar disse que a Lei Orgânica garante decretos suspendendo ações do prefeito da cidade, caso elas sejam consideradas excessivas. 

A Lei Orgânica me garante isso: qualquer ação do Executivo que extrapole as suas esferas é passível de ser observado por um decreto. Iremos propor que esta Casa analise esse decreto no retorno do período legislativo”, afirmou o petista.

Líder do prefeito na Câmara,  a vereadora Graça Amorim (PMB) rechaçou a proposta do colega e reafirmou que o aumento foi discutido pelo Conselho de Transporte.

“Houve uma planilha discutida pelo Conselho de Transporte. Todos os custos e despesas foram levados para a planilha”, concluiu.

Por conta do reajuste, Teresina está há 3 dias enfrentando protestos. Na segunda-feira, um ônibus foi incendiado na avenida Frei Serafim. Já ontem, um estudante foi preso suspeito de atear fogo em outro ônibus, desta vez na UFPI.

Hérlon Moraes
herlonmoraes7@cidadeverde.com

Imprimir