Cidadeverde.com
Política

Empresa Brazil Fruit é habilitada na licitação da nova Central de Abastecimento

Imprimir

Apenas uma empresa, a Brazil Fruit, se habilitou para gerir a Companhia de Abastecimento do Piauí (Ceapi). A primeira sessão de licitação para concessão de uso, precedida de obra, expansão, reforma, modernização e manutenção aconteceu na manhã desta quarta-feira (19). A concorrência pública aconteceu no auditório da Secretaria de Administração e Previdência do Estado do Piauí (SeadPrev).

A União de Permissionários da Ceapi (UPC) disse que é amplamente favorável a este processo. "Nós entedemos que a Ceapi é uma empresa privada e é justo que a iniciativa privada cuide do que é privado. Esperamos que tenhamos melhores serviços", disse Robert Eudes, da UPC.

Ceapi acumula hoje uma dívida de R$ 10 milhões com fornecedores, prestadores de serviços e dívidas trabalhistas. "São R$ 46 milhões de partida. É um contrato de R$ 86 milhões investidos ao longo de 30 anos", disse a superintendente de Parcerias e Concessões, Viviane Moura.

O projeto de modernização da Nova Central de Abastecimento será implementado em 03 etapas. A primeira etapa corresponde à preparação do terreno, a construção da infraestrutura de água, esgoto, eletricidade, cabeamento lógico dentre outros, construção dos seis novos galpões, nova portaria, galpão para varejo e estruturação do estacionamento de motos e bicicletas.

Na segunda etapa haverá transferência dos permissionários, uma parte dos varejistas será transferida para o galpão próprio, com acesso direto do consumidor e os demais permissionários de frutas e hortaliças serão alojados nos novos galpões. A terceira etapa corresponde à Demolição de parte da atual estrutura para abertura de dois novos galpões, reforma e melhoria dos antigos galpões e construção do novo galpão da banana.

 O contrato de concessão de uso terá o prazo 30 anos, podendo ser prorrogável por mais cinco anos. O Estado receberá uma outorga mínima mensal de 3% do faturamento bruto após os dois anos de vigência do contrato e o valor total do contrato é de R$ 84.357.742,00.

 A concessionária vencedora será responsável por garantir a manutenção da creche dentro da Nova Central de Abastecimento, do banco de alimentos e gabinete odontológico, além de instalação de um posto de saúde e viabilização e realização de treinamento, capacitação e alfabetização de permissionários.

Com informações da TV Cidade Verde
redacao@cidadeverde.com

Imprimir