Cidadeverde.com

Adolescentes vão parar na delegacia após vídeo com ameaças a policiais

Seis adolescentes, sendo quatro homens e duas mulheres, foram autuados por ameaça e incitação ao crime. Os menores de idade foram levados à Central de Flagrantes de Parnaíba após a divulgação de vídeos nas redes sociais em que o grupo aparece ameaçando policiais. 

"Nós somos é ladrões...nós mete bala em polícia", dizem os suspeitos que se autodenominam uma facção criminosa, a galera do João XXIII (GDJ), que faz referência a um bairro em Parnaíba, onde a comercialização de entorpecentes é intensa. Em outros posts no Facebook, os adolescentes aparecem ostentando armas. 

Já na delegacia, os suspeitos mudaram de comportamento e até pediram desculpas à polícia. Antes disso, eles já haviam deletado o perfil na rede social.

"A polícia jamais ia ficar sem dar uma resposta a esses meninos que gravaram um vídeo desses, postaram nas redes sociais, ameaçando policiais, incitando o crime... As polícias Civil e Militar conseguiram localizar todos e os conduziram para a Central de Flagrantes. Quando eles chegaram à delegacia, tudo mudou e eles viraram 'cordeiros' e pediram desculpas", disse o delegado Eduardo Aquino. 

Foto: BlogdoPessoa

A apreensão dos adolescentes ocorreu na noite desta quarta-feira (17). Além deles, mais quatro menores de idade foram conduzidos à delegacia suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas. Eles têm idades entre 16 e 17 anos e estavam acompanhados de um casal que foi preso. Com o grupo foram apreendidos frascos de remédios e produtos que, provavelmente, seriam usados na fabricação de lolo, além de facas, R$ 95.

"Recebemos denúncias de venda de drogas no bairro Piauí. Chegamos ao local e fizemos o flagrante. No local estavam sendo vendidos maconha e crack", disse o sargento Eduardo Pereira, da Força Tática do 4º BPM. 

 

Com informações Darival Júnior
redacao@cidadeverde.com