Efetivo com 213 policiais reforça policiamento para eleições em Picos

A Polícia Militar do Piauí montou o esquema de policiamento para o próximo domingo, 05, período das eleições. Para todo o Piauí foram disponibilizados 2.356 policiais, deste número, 213 policiais farão a segurança nos locais de votação da região de Picos, que inclui um total de 15 cidades.


Segundo informações do comandante do 4º BPM de Picos, tenente coronel Wagner Torres, o plano de policiamento para as eleições de 2014 foi estruturado há mais de um mês, e encaminhado ao Comando Geral da PM que determinou a aprovação do plano.

“Os 213 homens que farão a segurança são 81 policiais vindos de Teresina, e 132 homens do 4º BPM de Picos. Em cada zona eleitoral distribuídas nas 15 cidades da região haverá um policial militar”, garantiu Wagner Torres.

O comandante ainda informou que haverá reforços do Exército, cerca de 446 homens darão apoio em seis cidades do interior, são elas: Picos, Geminiano, Dom Expedito Lopes, Francisco Santos, Monsenhor Hipólito e Santo Antônio de Lisboa.

Os policiais militares convocados se deslocarão para as cidades do interior, na quinta-feira (2), para se unir ao contingente dos municípios e, assim, desenvolverem a execução das operações no domingo (5).

Com informações de Riachaonet
cidades@cidadeverde.com

Mulher sofre acidente e moradores tentam saquear acessórios do carro

Um veículo tombou na rotatória do bairro Bomba, na noite deste domingo (27), no município de Picos, a 306 km de Teresina. De acordo com testemunhas, o condutor seria uma mulher que seguia em alta velocidade e abandonou o carro após o acidente.



"Ela transitava no sentido bairro Junco- Centro e dirigia em alta velocidade. Ao fazer o retorno no balão, perdeu o controle e tombou", relataram testemunhas. 

De acordo com moradores, a condutora teria saído ilesa do acidente e foi socorrida por um motorista que vinha atrás de seu veículo. 


O acidente causou transtorno aos motoristas que trafegavam pela região e alguns moradores ainda teriam tentado saquear acessórios do carro. A situação foi controlada pela Polícia Militar. 


Com informações Grandepicos
cidades@cidadeverde.com

Alunos de Direito da Uespi podem ficar sem diploma e curso pode não abrir novas vagas

O curso de Direito da Universidade Estadual do Piauí no Campus de Picos corre o risco de não abrir novas vagas para o vestibular em 2015 e os mais de 200 alunos que fazem o curso na instituição atualmente podem ficar sem seu diploma. Segundo o coordenador do curso, o promotor de Justiça Marcelo Monteiro, o diploma dos estudantes pode não ser expedido caso o curso não seja aprovado pelo Conselho Estadual de Educação.

Campus da Uespi em Picos

Desde 2010 o curso de Direito da Uespi de Picos está denegado pelo Conselho e somente uma aprovação poderia garantir a abertura de vagas.

"Em 2010 a Universidade não forneceu os documentos que precisava para ter a aprovação e o curso acabou sendo denegado. A Uespi não tomou nenhuma providência efetiva sobre isso. Para que o curso fosse aprovado, seria necessário um recurso com a apresentação de um plano de melhorias, que não foi feito. E só agora em 2014 quando fui informado dessa situação, eu mesmo elaborei um plano de melhorias para o curso e uma explicação de que as inconsistências encontradas em 2010 não existem mais. A grande questão é que o plano foi elaborado e entregue mês passado e eu soube que só foi levado ao Conselho ontem, essa demora da atual gestão pode prejudicar a aprovação do curso completamente. Até lá não vai ser expedido diploma de ninguém", declarou o promotor.

O coordenador acrescenta que o prazo para a instituição comunicar as vagas disponíveis para MEC é até novembro, e segundo ele é provável que não haja tempo hábil para a apreciação do plano. Com isso, 70 novas vagas deixariam de ser ofertadas pelo curso na instituição, que atualmente é a única que oferece ensino de Direito gratuito em toda a região do semiárido, além disso, o curso recebeu nota máxima do Enade, estando entre os 4% cursos de Direito mais bem avaliados do país.

Marcelo Monteiro, coordenador do curso de Direito da Uespi em Picos

"O Conselho Estadual irá apreciar um relator para analisar o plano e isso requer tempo. Eu por exemplo me encontrei com o pai de uma aluna que falou que a filha está estudando muito para ser minha aluna e eu respondi que não adiantava porque se as coisas continuarem assim ela não será minha aluna", lamentou o promotor.

Marcelo Monteiro acrescenta ainda que quer uma visita do Conselho Estadual em Picos. "Quero que venham a Picos para ver o curso in loco para que apreciem o plano de melhorias e liberem a oferta de novas vagas", completou.

Diretoria responde

Procurado pelo Cidadeverde.com, o diretor do campus da Uespi de Picos, Evandro Alberto de Sousa, admitiu a possibilidade de não haverem novas vagas, mas segundo ele é prematuro concluir que não haverão pois o plano de melhorias já foi enviado para análise. Segundo ele, não houve demora na entrega do plano.

"O plano foi entregue a nós há cerca de 15 dias, por isso entregamos agora. Não houve demora. A preocupação do promotor é pertinente pois há realmente a possibilidade de não aprovação, mas ainda é prematuro afirmar isso. Entre as melhorias necessárias para esta aprovação, por exemplo, está a contratação de professores efetivos, é importante ressaltar isso já que este ano não foi possível que isso acontecesse, não sabemos se pela Lei de Responsabilidade Fiscal, ou pela vedação eleitoral", explicou o diretor

Atualmente o curso possui apenas três professores efetivos e 13 em regime provisório. "Dois efetivos são mestres e um dos provisórios também, o restante são doze especialistas, então estamos precisando realmente de mais professores efetivados", pontuou o coordenador Marcelo Monteiro.

O Cidadeverde.com tentou contato por telefone com o reitor da Uespi, Nouga Cardoso, para esclarecimentos em relação a possibilidade da não expedição do diploma, mas até o momento não obteve retorno.

Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com

Casal é preso com meio quilo de diversas drogas em Bocaina

A Polícia Civil de Picos prendeu nesta terça-feira, 23, o casal Pedro Delfino Pereira, de 54 anos e Ana Maria Rodrigues Farias, de 33 anos, residente em Bocaina, acusados de tráfico de drogas. Segundo o delegado regional, Carlos Eduardo Aquino, há mais de um mês os mesmos estavam sendo monitorados e com a dupla foi encontrado quase meio quilo de diversas drogas, como crack, cocaína e maconha.


Denúncias feitas por moradores da cidade, mais precisamente do bairro Vila Crioulo, informaram a polícia sobre a venda de drogas pelo casal. O casal não ofereceu resistência no momento da prisão e em depoimento à polícia, Pedro confirmou que a droga era sua e que pelas dificuldades financeiras, passou a vender drogas. Segundo Carlos Eduardo, a prática não é recente.


Foram apreendidos com o casal nove pedras grandes de crack, dois tijolos grandes de maconha, quatro trouxas de cocaína, 20 pedras pequenas de crack prontas para a venda, celulares, relógios, além de balança de precisão, sacos para embalagem da droga, R$ 3.018,60 e uma espingarda do tipo bate-bucha.



Com informações de Folha Atual
cidades@cidadeverde.com

UPA do bairro Catavento terá capacidade para atender 150 pacientes diariamente

Com capacidade para atender de 50 a 150 pacientes, diariamente, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas, já em construção  no bairro Catavento, contará com estrutura simplificada na resolução de urgências e emergências ocorridas no município de Picos.


A obra, executada pela empresa  SE ENGENHARIA LTDA é um investimento  da  ordem de 1.375.988,20 (Um milhão, trezentos e setenta e cinco mil, novecentos e noventa e oito reais e vinte centavos) através do Governo Federal via Ministério da Saúde.  

De acordo com o tecnólogo Nagai Alves de Sousa Filho, após a fase de nivelamento  da área em construção e organização do canteiro para obter a infraestrutura necessária, engenheiros e técnicos já se desdobram para  finalizar a parte de supra estrutura, ou seja, levantar e cobrir o prédio  antes do início do período chuvoso. 

A UPA do Catavento contará com recepção para 45 pessoas,  consultórios  médicos, sala para raio-x, coleta de sangue, inalação, curativos e suturas.

Para a dona de casa  Maria Rosângela Sousa, residente no Morro da AABB, a UPA chega em boa hora. “Vai ficar mais perto pra gerente. Vai melhorar bastante”, disse.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Mulher é jogada de laje com quatro metros de altura durante festa

ma mulher foi jogada de uma laje de quatro metros de altura durante uma festa no município Picos, a 306 km de Teresina. De acordo com o capitão Jairo da Polícia Militar do município o fato ocorreu após uma briga entre duas mulheres que estavam na festa que aconteceu no bairro Paroquial, na noite do último sábado (20) .

Bairro Paroquial em Picos

"Havia um homem e duas mulheres, as duas se desentenderam e uma empurrou a outra da laje", explicou o policial.

A mulher empurrada quebrou as duas pernas e foi atendida no Hospital Justino Luz. A acusada do empurrão foi detida e levada para a delegacia de Picos onde foi autuada em flagrante.

A Polícia não informou o motivo da briga, mas de acordo com informações do site da região, Riachãonet, a motivação seria ciúmes.

Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com

Promotor proíbe bingos que chegavam a lucrar R$ 10 mil por mês

O promotor de justiça, Marcelo de Jesus Monteiro Araújo, do Ministério Público Estadual, proibiu a realização de bingos em Picos, 306 km de Teresina. Os proprietários de 17 estabelecimentos que exploravam jogos de azar na cidade foram notificados e a partir de agora, caso haja reincidência, podem ser enquadrados no artigo 50 da Constituição Federal, que classifica a prática como ilegal. 

Promotor Marcelo Araújo

Marcelo Araújo disse que a medida foi tomada porque a prática de jogos de azar em Picos estava acontecendo de forma indiscriminada e generalizada. Os bingos aconteciam de forma sistemática e em alguns casos o lucro obtido com a venda de bebidas, por exemplo, estava virando uma renda secundária. “Temos notícias de que em alguns lugares, o lucro, só com os bingos, chegava a R$ 10 mil por mês”. 

O levantamento feito pela Polícia Militar constatou que 17 estabelecimentos comerciais, como bares e restaurantes, estavam explorando jogos de azar em Picos. “Eles ofereciam um prêmio, vendiam as cartelas. Só existiam dois vencedores, o dono do local e o vencedor do bingo, os outros dependiam exclusivamente da sorte. Essa modalidade de bingo é crime com pena prevista em lei”. 

Os donos dos estabelecimentos foram notificados e a promotoria informou a todos para informar que a prática é uma atividade ilícita e configura contravenção penal. Após a notificação, a polícia iniciou a fiscalização. “A partir de agora, quem for pego realizando bingos visando lucro próprio será encaminhado a Central de Flagrantes e vai responder pelo crime”. 

O promotor lembra ainda que nem todo bingo pode ser considerado uma contravenção legal. “O que é errado é explorar jogos de azar, que não podem ser fonte de renda. Nos jogos de azar, quem ganha, depende exclusivamente da sorte”. 

Os bingos com cunho beneficente que se configuram como uma manifestação coletiva de solidariedade são permitidos. “Nesse caso, o dinheiro arrecadado não tem como finalidade o lucro pessoal, visa ajudar uma pessoa, um grupo ou uma instituição. Nesses casos é a permitida a realização de bingos”. 

A Lei de Contravenções Penais, em seu artigo 50, estabelece que a exploração de jogos de azar é considerada crime. Dessa forma, o infrator está sujeito à pena de reclusão de até um ano, além de outras penalidades previstas em lei.


Sana Moraes 
redacao@cidadeverde.com 

8ª Parada Cultural da Igualdade reúne 14 mil pessoas

Mais de 14 mil pessoas acompanharam a oitava edição da Parada Cultura da Igualdade em Picos, neste domingo (21), de acordo com dados da Polícia Militar. A concentração ocorreu no bairro Bomba e percorreu as avenidas Deputado Sá Urtiga e Getúlio Vargas. O encerramento ocorreu na praça Félix Pacheco, com shows musicais de artistas da região. 




A coordenadora municipal de Direitos Humanos e de Livre Orientação Sexual de Picos, Jovanna Baby, ressaltou a crescente participação do público no evento. 


“Proporcionalmente temos a maior Parada do Piauí e isso nos enche de orgulho. Nosso evento cresce a cada edição e vemos que a luta contra a homofobia vem dando resultados”, enfatiza. 

O evento, organizado pelos movimentos LGBT de Picos, contou com a participação de autoridades políticas. 






Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Jovem é morto com quatro tiros na casa de amigo em Picos

O jovem identificado como Wanderson Eduardo de Sousa, conhecido como "Nego Andrim" foi morto com quatro tiros na noite desta quinta-feira (18) no bairro Morada do Sol, em Picos. O crime ocorreu por volta das 23h30 min na rua Francisca Maria de Moura, onde um amigo de Wanderson morava.

Wanderson Eduardo de Sousa, conhecido como "Nego Andrim"

De acordo com o delegado Madson Oliveira, "Nego Andrim" estava com a esposa quando foi pego de surpresa por dois homens encapuzados que dispararam contra ele. O jovem teria tentado escapar se escondendo na casa vizinha, mas acabou sendo atingido por quatro dos tiros disparados. A Polícia acredita que os criminosos entraram na casa pelos fundos, já que o local não tem muros.

"Por enquanto ainda não temos nenhuma linha de investigação, mas como é um local conhecido na região por venda de drogas  nós não descartamos a possibilidade desde crime ter relação com o tráfico”, afirmou Madson.

Ainda segundo o delegad, com a vítima foi encontrado um cachimbo e uma pequena quantidade de maconha.

Rayldo Pereira
Com informações de Riachaonet
rayldopereira@cidadeverde.com

VIII Parada da Igualdade de Picos acontece neste domingo 21

O Parada Cultural e da Igualdade LGBT chega a sua 8ª edição em Picos e apresenta neste ano novidades. Um vasto ciclo de atividades foi montado, como seminários, oficinas de capacitação a serem desenvolvidas durante toda esta semana. O encerramento será no domingo, 21, com o desfile pelas ruas de Picos.

Foto: Riachãonet

Nesta quarta-feira, 17, às 16h00 é dado a abertura oficial da VIII Parada da Igualdade com a realização da Oficina de Capacitação de Lideranças e Multiplicadores de Informações no auditório da Faculdade R. Sá.

Na quinta-feira, 18, no auditório da Câmara Municipal de Picos será realizada a palestra “Um Desafio a Ser Vencido: Prevenção e Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas”, que abre o Seminário. A respectiva palestra será ministrada pela professora Dra. Flávia Teixeira  da Universidade Federal de Uberlândia – UFU. Após a palestra o espaço fica aberto para o debate com os participantes.

O Seminário que trata de temas atuais que envolvem o movimento LGBT e suas políticas de enfrentamento ao preconceito, violência, bem como outras temáticas tem encerramento na sexta-feira. A partir do sábado começa as atividades culturais como a Festa da Pré-Parada, e no domingo, 21, acontece a culminância com o desfile.

Confira programação completa:

17/09/2014

Oficina de Capacitação de Lideranças e Multiplicadores de Informações

 16:00 Horas – Roda de Conversa  - Auditório da Faculdade R.SÁ;

Direitos Humanos de LGBT– Keila Simpson
Tráfico de Pessoas – Prof.ª Rosa Oliveira

18/09/2014– Auditório Vereador Pedro Barbosa da Silva – Câmara Municipal de Picos

08:00 Horas– Abertura
Grupo Guaribas de Livre Orientação Sexual
Diretoria Estadual de Direitos Humanos
Prefeito Municipal de Picos
Coordenadoria Municipal de Direitos Humanos e Livre Orientação Sexual
Secretaria Nacional de Direitos Humanos da Presidência da República
UNODC – Escritório das Nações Unidas Contra Drogas e Crime Secretaria Nacional de Justiça
Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social
Coordenadoria Municipal da Juventude de Picos
Secretaria Municipal de Saúde
Secretaria Municipal de Cultura
Polícia Civil do Piauí
Polícia Militar do Piauí
Associação de Mulheres de Picos

Momento Cultural

08:30  Horas – Palestra MagnaUm Desafio a Ser Vencido: Prevenção e Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas – Prof. Dra. Flávia Teixeira – Universidade Federal de Uberlândia – UFU

09:30 Horas – Conversa Afiada

Casamento Servil – Ativista Chopelly Gladstone – AMOTRANS/PE
Roda de Conversa sobre Identidade de Gênero– GPTRANS/PI

10:30  Horas – Coffee Break

11:00 Horas: Conversa Afiada Segurança Pública – Cel. Solange (Polícia Militar do Piauí) / Dra. Eugênia Villa – Academia de Polícia Civil do Piauí.
Novas Tecnologias de Prevenção de DST/Aids e Hepatites – Departamento Nacional de DST/Aids.
Política Nacional de Saúde LGBT – Kátia Souto.
Dados da Infecção pelo Vírus HIV no Piauí – Karina Amorim;
Direito a Identidade de Gênero e Nome Social – Ativista Maria Laura dos Reis – Articulação Piauiense de Travestis e Transsexuais e Dr. Ana Carolina – Comissão da Diversidade da OAB/PI

12:00 Horas: Roda de Conversa Conselhos
Conselho Nacional da Juventude – CONJUV– Alessandro Melchior, Presidente do Conselho Nacional de Juventude
Conselho Municipal LGBT de Teresina – Maria Laura dos Reis, Presidente
Conselho Municipal da Juventude de Picos – Alice Alencar, Presidente

19/09/2014

08:00 Horas: Palestra
Exploração Sexual de Travestis no eixo Rio/São Paulo – Ativista Rebecka Glitter – Atransparencia/RN
Política Nacional de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas – Prof. Dr. Alderico Segundo (UFMA)
Política Nacional de Direitos Humanos – Prof. Ms. DoutorandoPaulo Mafra – R.SÁ
Política Nacional de Direitos da População LGBT – Keila Simpson – CNCD
Exploração do Trabalho Escravo – Prof. Rosa Araújo, Assistente Social (UECE)

09:30 Horas: Conversa Afiada
Educação LGBT – Prof. Ms. DoutorandaMarina Reidel (UFRS)

10:30 Horas: Coffee Break

11:00 Horas: Conversa Afiada
Tráfico para extração de órgãos, fluidos e outras partes do corpo –  Prof. Dr. Alderico Segundo (UFMA)
Tráfico Internacional de Mulheres e Crianças – Prof. Rosa Araújo, Assistente Social (UECE)
Tráfico de pessoas Travestis e Transexuais para a Europa – Keila Simpson – CNCDC

12:30 Horas – Momento Cultural de Encerramento

Com informações de Riachaonet
cidades@cidadeverde.com

Posts anteriores