Cidadeverde.com

Provas do concurso da prefeitura de Picos são adiadas para agosto

As provas do concurso da prefeitura de Picos- que deveriam ocorrer em 29 de maio e 05 de junho- foram adiadas para o mês de agosto. A mudança ocorre devido a falta de estrutura para a realização do certame neste mês. O certame teve quase 20 mil inscritos que disputam vagas para cargos de nível Fundamental, Médio e Superior. São 570 vagas, com salários que vão até R$ 4,3 mil. 

A alteração na data da aplicação das provas foi decidido em reunião da comissão de acompanhamento, avaliação e fiscalização externa, formada por  representantes do Ministério Público Estadual, OAB, prefeitura e Câmara de Vereadores de Picos. 

Por meio de nota, a comissão informou que o adiamento do certame ocorreu por incompatibilidade de logística e implantação das normas de segurança acordadas com o Ministério Público, através da 1ª Promotoria de Justiça. 

"Os itens de segurança não implantados são de extrema necessidade para garantir a legítima concorrência entre os candidatos e para que não haja qualquer mácula à lisura idoneidade e qualidade na elaboração e aplicação das provas", informa a nota. 

Com isso, candidatos que disputam vagas para cargos de nível Fundamental e Médio farão provas em 14 de agosto; Já para os candidatos de nível Superior, as provas serão no dia 28 de agosto. 

 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Nova Central de Flagrantes é inaugurada em Picos

Nesta segunda-feira (23) o Secretário de Governo, Merlong Solano, representando o Governador Wellington Dias inaugurou a nova sede da Central de Flagrantes e Complexo das Delegacias de Picos. O local servirá de sede para a Delegacia Regional, 1º, 2º e 3º DPs e Delegacia da Mulher. A nova estrutura irá beneficiar servidores e aproximadamente 158 mil pessoas dos 15 municípios que compõem a região.

A obra teve um custo R$707.851,38, com recursos oriundos do tesouro estadual. A estrutura passou por uma reforma completa, além de ampliação do espaço, com a construção de seis novos banheiros, galpão, onze novos gabinetes e cinco salas e a execução do piso em concreto armado em tela em torno da delegacia e do anexo.

Para o secretário de Governo, Merlong Solano, a infraestrutura traz melhoria de condições para os policiais civis e aos delegados, além da própria população que será beneficiada pela facilitação de acesso aos serviços na Central. “A concepção do governador Wellington Dias que vem sendo executada primorosamente pelo Secretário Fábio Abreu, é de que a polícia precisa ser tratada de maneira integrada, e com a construção desse complexo haverá o máximo de integração de Polícia Civil e Polícia Militar, melhorando consideravelmente a execução dos serviços, além do investimento que foi feito  na melhoria dos equipamentos, inteligência policia, para que a gente possa alcançar nosso objetivo que é fazer do  Piauí o Estado mais tranquilo do Brasil”, declarou.

O secretário de Segurança Pública, Fábio Abreu, destacou os benefícios dessa obra. “A população necessitava de um centro de referência, para o registro das mais diversas ocorrências, um local que fosse adequado também para os policiais. Além da Central de Flagrantes, ainda teremos a construção de um espaço aos policiais, um espaço de perícia e IML, onde poderão trabalhar peritos e legistas que a cidade já possui. Consequentemente, com o investimentos nesses espaços a população vai passar a ter um olhar diferente em relação a segurança no estado do Piauí”, finalizou.

O delegado regional, Divanilson Sena, ressaltou a importância da inauguração da Central para os policiais. “Com a inauguração a gente um ganho de qualidade do trabalho, seja dos servidores, ou da população. Uma estrutura bastante satisfatória trará um serviço de maior qualidade prestado à população. Este ano, também ainda teremos nomeações de novos delegados, agentes e escrivães, juntando todos esses fatores e um prédio desse, o combate a criminalidade aqui na macrorregião de Picos será bem mais efetivo”, declara.

Participaram da solenidade o secretário de Governo, Merlong Solano; o secretário de Segurança Pública, Fábio Abreu; o secretário de Justiça, Daniel Oliveira; prefeito de Picos, Walmir Lima, além de outras autoridades e membros da comunidade local. 

Acidente mata motoqueiro na BR-316 em Picos

Um acidente entre uma moto e uma carreta deixou uma pessoa morta na BR-316, no município de Picos. Pedro José Júnior, de 23 anos, morreu após colidir a moto em que estava na carreta. 

O acidente aconteceu na madrugada deste sábado (21), por volta da meia-noite, na BR 316, próximo ao bairro Belo Norte, em Picos.

Segundo informações da polícia, o jovem conduzia uma Titan CG 125 de cor preta e placa LVS-8367, quando colidiu lateralmente na carreta.

Com informações do RiachãoNet

Governador vai inaugurar Central de Flagrante em Picos

O governador Wellington Dias cumpre agenda nesta segunda-feira (23), no município de Picos. Na oportunidade, o chefe do executivo estadual inaugura a Central de Flagrantes do município. A obra custou R$707.851,38, os recursos foram oriundos do tesouro estadual.

A sede da Central de Flagrantes funcionará como um Complexo abrangendo a delegacia regional, os distritos policiais (1º, 2º e 3º) e a delegacia da mulher. O local contará com um efetivo de 34 policiais.

De acordo com o secretário de Segurança, Fábio Abreu, este é um grande benefício para a região. “Os policiais estavam numa estrutura inadequada e que já havia sido condenada pela Justiça. A nova sede é um local central e que abrange também os distritos, o que trouxe mais comodidade para a população”, disse.

A obra beneficiará aproximadamente 160 mil habitantes e contemplará as cidades de: Picos; Aroeira do Itaim; Sussuapara; Dom Expedito Lopes; Geminiano; Santana do Piauí; São José do Piauí; Bocaína; São João da Canabrava; São Luís do Piauí; Francisco Santos; Monsenhor Hipólito; Santo Antônio de Lisboa; Itainopolis e Vera Mendes.

Demais ações
Ainda em Picos, o  governador Wellington Dias irá visitar as obras de pavimentação asfáltica da avenida Antônio José de Moura e dos bairros Pedrinhas, Boa Sorte e Boa vista, bem como a construção do trecho Picos/Torrões/ Povoado Tabatinga; além do alargamento das duas pontes sobre o Rio Guaribas.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

 

Picos conta com cinco pré-candidatos na disputa pela Prefeitura

Enquanto em muitas cidades piauienses a disputa eleitoral está concentrada em dois ou três polos, o município de Picos, a 310 km da capital, terá um pleito bastante acirrado. Pelo menos cinco pré-candidatos já se manifestaram para concorrer ao cargo de chefe do executivo municipal.

Localizada em um dos principais entroncamentos do Piauí, Picos é a terceira maior cidade piauiense e possui o segundo maior Produto Interno Bruto do Estado. Com uma população de cerca de 73.500 habitantes, a previsão é que neste ano, pelo menos 50 mil devem comparecer às urnas.

E diferente de muitos municípios, a disputa eleitoral em Picos não deve ser formada de grandes alianças. Pelo menos até agora, cinco nomes estão cotados para as eleições. E alguns com uma agenda definida e muitas propostas.

O empresário Francisco de Assis Cosme, o Sizô, (PMDB) é um deles e prega independência na disputa, prometendo mudanças. "Sou contra a mesmice aliciatória de forma descompassada que começa em Picos e chegou à Brasília", destaca.

Também empresário, Júnior Nobre [PSC] entra como oposição e prega melhorias na infraestrutura da cidade. "Os gestores não tiveram preocupação de fazer projetos. Eu falo de projetos de infraestrutura. Picos precisa de um grande hospital, Picos precisa de uma maternidade, precisa de UTI, UTI-neonatal e muito mais”, frisa.

Outro nome forte na disputa é o do empresário e ex-prefeito, Gil Marques de Medeiros, o Gil Paraibano, agora pelo PP, que tenta mais uma vez a cadeira no Palácio Coelho Rodrigues.

O médico Gutenberg Rocha será a aposta do PSDB para a administração municipal. Ele, que já foi candidato a prefeito em 2008 e em 2010 para deputado federal, afirma que sua administração será focada na economia de recursos e direcionada a investimentos, com fortes críticas à atual gestão. "Ele [atual prefeito Padre Valmir] tem pensado na questão eleitoral e não tem conseguido administrar a cidade. Eu acho que poderia se fazer as duas coisas", destaca.

O atual prefeito da cidade, Padre Valmir [PT], tentará se manter no poder e defende a continuidade das ações da gestão no município, apostando na sua imagem. "Não digo inimigos, mas meus adversários, têm buscado de qualquer maneira sujar essa imagem que a gente está construindo e que não foi construída dentro de um dia, quatro anos ou um e meio de administração. Foi construído com uma história de trabalho", defende.


Da Redação
Redacao@cidadeverde.com

Inspetoria de Picos recebe 2ª reunião precursora do CEP-PI

Na próxima sexta-feira (13), a cidade de Picos recebe a segunda reunião precursora do 9º Congresso Estadual de Profissionais do Piauí, com debates que visam ampliar a participação dos profissionais em todo o processo de elaboração de propostas para a área tecnológica. O evento precursor será realizado na Inspetoria do Crea-PI em Picos - Av. Ayrton Senna, 284, bairro Ipueira -, a partir das 18h30min.

Em 2016, o tema estabelecido para o Congresso: "O Sistema Confea/Crea e Mútua em defesa da Engenharia e da Agronomia brasileiras “, está dividido em três eixos de debate: a) ”Defesa e Fortalecimento da Engenharia e Agronomia junto à sociedade “; b) “Tecnologia e Informação”; e c) “Carreira e prerrogativas da Engenharia e Agronomia”.

O CEP-PI tem por objetivo discutir e propor políticas, estratégias, diretrizes e programas de atuação para o Sistema Confea/Crea, que, após aprovadas no âmbito estadual, a ser realizado nos dias 24 e 25 de junho, em Teresina, serão levadas ao 9° Congresso Nacional de Profissionais (CNP), marcado para Foz do Iguaçu-PR, os dias 2 e 3 de setembro de 2016.

 

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

 

Gerência da Sefaz de Picos participa da Semana do MEI 2016

A 6ª Gerência Regional de Atendimento (Gerat) da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) em Picos participou, como apoiadora, da Semana do Microempreendedor Individual (MEI), promovida pelo Sebrae/PI. O evento, que ocorreu entre os dias 2 e 7 de maio, contou com programação gratuita, como palestras, clínicas tecnológicas, além de orientações técnicas e capacitações por meio das oficinas.

A Gerat de Picos participou da semana com uma palestra sobre emissão de Nota Fiscal, adesão, exclusão e baixa do MEI, limite de compra, Projeto de Lei para aumento dos Limites do Simples.

"Na oportunidade, houve muitos questionamentos sobre o funcionamento da tributação do MEI e outros assuntos", disse Juaceli Soares da Costa, gerente da agência da Sefaz em Picos que ministrou a palestra.

O público contou ainda com ajuda para alterar ou dar baixa no CNPJ, preencher a declaração anual de faturamento, além de consultorias e esclarecimentos para aprimorar a gestão dos negócios e aumentar a qualidade, a produtividade e a competitividade da empresa.

 

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Prédio da Uespi em Picos apresenta problemas na estrutura física

O prédio da Universidade Estadual do Piauí, em Picos, tem menos de dois anos. Por outro lado, os problemas na estrutura física do campus já aparecem. No local é possível perceber infiltrações no auditório, tomadas estão sem fiação e cabeamento elétrico sem proteção. Paralelo a isso, os estudantes reivindicam ainda laboratórios para todos os cursos, um restaurante universitário e reforço no acervo bibliográfico.

"Faltam pesquisa, extensão e até professores. A gente tem um prédio novo, consegue sentir o cheiro da tinta, mas não consegue sentir o cheiro dos livros. Acredito que a base de uma universidade são os professores e uma biblioteca", disse o estudante Fábio Rufino. 

Professores do campus de Picos também aderiram a greve que está prestes a completar um mês. Ao todo, 23 técnicos administrativos e 56 professores efetivos, entre mestres e doutores aderiram à paralisação. Os docentes querem que o Governo agilize questões relacionadas à promoções e progressões da categoria, autonomia financeira entre outros. 

"Se a Uespi tem a oportunidade de gerir os recursos, todos os campus seriam beneficiados, na medida em que os investimentos seriam diretos. A administração superior da Uespi teria condições de repassar, de fazer concurso, de pagar bolsas em dia", disse a professora Thaizi Helena Barbosa.

O diretor do campus, Evandro Alberto de Sousa, entende que o movimento dos professores é justo e que cabe ao Governo negociar os pleitos reivindicados pelo corpo docente e demais servidores da instituição.

"A gente faz um apelo para nossos representantes políticos, nossos deputados estaduais e federais, para que empenhem seus esforços de articulações financeiro e política em nome da nossa Uespi, que forma tantos cidadãos e transforma a vida de pessoas, muda a realidade da região. É preciso que haja uma unidade e bom senso", disse Sousa. 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com
Com informações J.Pereira (correspondente da TV Cidade Verde em Picos)

Picos recebe Fórum de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência

A cidade de Picos, a 307 km da capital, está sendo o ponto central de discussões acerca de políticas públicas voltadas para as pessoas com deficiência. O município sedia nesta sexta e sábado, 6 e 7, o Fórum Regional de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência – Todos Pela Inclusão. O evento acontece no Centro de Eventos da Assembleia de Deus.

O evento conta com a realização de oficinas, palestras e seminários para pessoas com deficiência, além de serviços da Secretaria da Assistência Social, da Educação, da Saúde, da Defensoria Pública, do Detran-PI, Empreendedorismo, entre outros. 

O evento, realizado pela Secretaria de Estado para Inclusão da Pessoa com Deficiência (Seid), em parceria com outros órgãos, já foi promovido nas cidades de Barras e São João do Piauí. "São várias ações. Nós trouxemos muitas informações para esta região, palestra sobre saúde  assistência social, trabalho emprego e renda. São ações que já são prestadas e irão beneficiar pessoas de toda a região", explicou a diretora de gestão da Seid, Helena Lima em entrevista ao Jornal do Piauí.

Da Redação
Redacao@cidadeverde.com

TCE-PI vai fazer auditoria em terceirização do hospital de Picos

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-PI) inicia na próxima semana uma auditoria na gestão do Instituto de Gestão e Humanização (IGH) no Hospital Regional Justino Luz, em Picos (310 quilômetros ao sul de Teresina). A medida foi anunciada durante a sessão plenária desta quinta-feira (5), e será feita por uma equipe da Dfae (Diretoria de Fiscalização da Administração Estadual). Trata-se da segunda etapa de auditoria aprovada no final do ano passado por proposição do conselheiro Kennedy Barros. 

Ele explicou que a inspeção vai levantar os valores dos repasses transferidos pelo Governo do Estado ao IGH, organização social da Bahia que assumiu a gestão do Justino Luz em outubro do ano passado, e verificar como esses recursos estão sendo aplicados no hospital e na assistência à saúde da população de Picos e de cidades vizinhas que buscam atendimento no local.  “A auditoria vai basicamente levantar a qualidade dos gastos realizados pelo IGH no hospital e quanto o Instituto recebeu até agora do Estado”, disse Kennedy Barros. 

Ele observou que o processo de terceirização do Hospital Justino Luz, iniciado no ano passado, vem sendo acompanhado de perto pelo TCE-PI, Ministério Público do Trabalho e Justiça do Trabalho. A realização da auditoria foi anunciada depois de sustentação oral do procurador Leandro Maciel, do Ministério Público de Contas do TCE-PI. Ele defendeu a medida como forma de verificar quanto foi aplicado até agora em Picos e se esses gastos resultaram efetivamente na ampliação e melhoria do atendimento de saúde da população. 

Os demais conselheiros concordaram com a proposta. Kennedy Barros explicou que a auditoria já estava prevista em decisão do TCE-PI do final do ano passado, quando foi aprovada inspeção no contrato de gestão do Estado com o IGH. “A auditoria no contrato foi feita e agora vamos para a segunda fase, que é verificar como este contrato está sendo executado”, explicou. Leandro Maciel alertou que só nos primeiros quatro meses deste ano o Estado já empenhou R$ 5,6 milhões para o IGH, conforme dados do Siafem (Sistema Integrado de Administração Financeira para Estados e Municípios).

Ele lembrou que em 2015, o orçamento executado pelo Governo no Hospital Justino Luz foi de R$ 8,3 milhões, contra R$ 6,9 milhões em 2014. Proporcionalmente, em quatro meses deste ano já foram gastos cerca de 70% de todas as despesas do ano passado. “É importante sabermos por que houve esse aumento e como esses recursos estão sendo efetivamente aplicados”, defendeu Leandro Maciel.

Posts anteriores