Cidadeverde.com

Sejus e Altos fazem parceria para a reformular o Hospital Penitenciário

A Secretaria Estadual de Justiça do Piauí (Sejus) vai firmar uma parceria com a Prefeitura de Altos para avançar no projeto de reformulação do Hospital Penitenciário Valter Alencar (HPVA), situado no município, para transformá-lo em um módulo de saúde de média complexidade que possa atender à população em geral, inclusive no atendimento psiquiátrico.

Para buscar essa parceria, o diretor de Humanização e Reintegração Social, Francisco Antônio de Sousa, e demais representantes da Sejus, estiveram reunidos com a prefeita de Altos, Patrícia Leal, nesta terça-feira (28), na Prefeitura de Altos.

O objetivo é tornar o Hospital Penitenciário em uma unidade que conte com todas as especialidades médicas, exames laboratoriais, além de  três salas cirúrgicas, também prestando atendimento psiquiátrico.

“Com essa medida, a Sejus está atendendo a uma determinação do governador do Estado, Wellington Dias, para transformar o HPVA em um módulo de saúde aberto à população de Altos e de cidades próximas. Também queremos transformar o Hospital Penitenciário em uma unidade integrante do Sistema Único de Saúde”, informa o diretor de Humanização e Reintegração Social da Sejus, Francisco Antônio de Sousa.

A prefeita de Altos, Patrícia Leal, garantiu que vai apoiar o projeto. “A reformulação do Hospital Penitenciário também é de nosso interesse, pois vai garantir benefícios não só a população carcerária, mas também ao povo de Altos”, pontua.

Apoio ao PNAISP e ao projeto Registrar

Durante a reunião, a prefeita Patrícia Leal garantiu apoio à Política Nacional de Atenção Integral à Saúde das Pessoas Privadas de Liberdade no Sistema Prisional (PNAISP) e poderá disponibilizar uma equipe de saúde para atuar na Colônia Agrícola Major César OIiveira (CAMCO).

O projeto Registrar, que visa emitir documentação e garantir o acesso a direitos e benefícios, previstos em lei, para as pessoas privadas de liberdade, também terá o apoio de Patrícia Leal. A execução do projeto está prevista para os meses de agosto, setembro e outubro e a Prefeitura do município vai designar uma equipe para dar continuidade ao cadastramento dos presos do município.

Da Editoria de Cidades
redacao@cidadeverde.com