Cidadeverde.com

Acusado de estupros em Castelo é ouvido por outro crime em Altos

Adão José de Sousa, 40 anos, apontado como líder dos estupros coletivos contra quatro adolescentes em Castelo do Piauí foi ouvido na manhã desta sexta-feira (2) no fórum so município de Altos, a 37 km de Teresina. O interrogatório de hoje é referente ao processo que Adão responde sobre o assalto a um posto de gasolina no mês de março na cidade, onde a gerente foi baleada.

Andréa Lobão, juíza da comarca de Altos, explica que o interrogatório é feito no município através de carta precatória e acrescenta que transcorreu de forma tranquila. "Como o processo não tramita por aqui, nós apenas recebemos a carta precatória do pedido de outro juiz. Tudo transcorreu de forma tranquila e vamos remeter ao juiz competente informações que coletamos para que ele possa dar prosseguimento ao processo", completou.

O interrogatório aconteceu com a presença de seis pessoas, entre elas a juíza, a promotora do município. Adão, aguarda a conclusão do processo na casa de detenção de Altos.

Esta é a segunda vez que Adão é ouvido no local. O acusado já depôs sobre os estupros coletivos no dia 22 de junho quando voltou a alegar sua inocência no caso. "Eu sou Inocente", foi o que declarou rapidamente Adão enquanto caminhava da sala de audiências até a viatura após o interrogatório que durou cerca de duas horas.

Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com