Cidadeverde.com

Detento morre na Penitenciária de Altos; terceira morte do ano

O detento identificado como Rogério da Silva Santos morreu supostamente vítima de um infarto na noite da última quarta-feira (05) na Casa de Detenção Provisória de Altos, Município a 37 km de Teresina. De acordo com Kleiton Holanda, diretor do Sinpoljuspi, esta é a terceira morte no sistema penitenciário em 2016.

"Tivemos informações que o detento foi atendido pelo SAMU na última quarta-feira (05) e veio a óbito a noite. Este é o primeiro óbito dentro da CDPA  e o preso teve muita resistência pra receber o atendimento até ser encontrado dentro da cela", explicou o Kleiton.

A perícia foi acionada para esclarecer a morte que tem características de infarto fulminante. A primeira morte registrada no sistema prisional ocorreu no dia 1 de janeiro onde o detento foi encontrado sem vida dentro da cela e o segundo foi o preso morto violentamente pelos outros detentos na Casa de Custódia.

"Mesmo por consequência de doença ou assassinato o ano de 2016 já tem mais mortes que 2015 no mesmo período do ano. Mesmo com esse preso que morreu na CDPA nenhuma medida foi tomada para melhorar esses atendimentos e isso mostra uma evolução das mortes nas prisões", declarou.

Kleiton acrescentou ainda que a família de Rogério irá acionar à Justiça contra o Estado por conta da morte do filho. " O preso é custodeado do Estado e a família entregou ele vivo e nós devolvemos ele morto. Não é a primeira e vai ocorrer mais se não houver trabalho para melhorar", concluiu.


Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com