Cidadeverde.com

TRE-PI cassa vereadora acusada de usar combustível para comprar votos

Foto: Wilson Filho

O Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) decidiu cassar, por unanimidade, a vereadora Rosineide Pereira dos Santos Macêdo, conhecida como Neide da Barroquinha (PDT). Ela foi acusada de distribuir notas de combustível para obter votos nas eleições de 2016. 

A decisão foi tomada em sessão nesta terça-feira (3) e também suspende os direitos políticos de Neide da Barroquinha por oito anos. O procurador regional eleitoral Israel Gonçalves Santos Silva também se manifestou pelo desprovimento do recurso da vereadora. 

Nas últimas eleições municipais, Neide da Barroquinha foi a 20ª candidata mais votada, com 517 votos, e entrou na Câmara de Altos através da legenda de sua coligação. 

O suplente José Edson Dias das Neves, o Edson do Raio X (PMB), deve assumir a vaga na Câmara. 

Neide da Barroquinha foi cassada em abril pela juíza Carmem Maria Paiva Ferraz Soares, da 32ª Zona Eleitoral, mas se manteve até agora no cargo porque o juiz Astrogildo Rodrigues de Araújo, do TRE-PI, concedeu liminar para suspender a decisão, até que o caso fosse julgado pela corte. 

Fábio Lima
fabiolima@cidadeverde.com