Cidadeverde.com

Polícia descobre fábrica clandestina de armas em Altos; um é preso

  • 06a25ad0-6d12-4d36-a374-333175725903.jpg Polícia Civil do Piauí
  • c426ef54-a02e-454c-be10-f0ebd91d98f6.jpg Polícia Civil do Piauí
  • 1f17d23c-188c-4998-b729-7717974933c6.jpg Polícia Civil do Piauí
  • 4962698e-f0c2-4e38-b738-d88ce87a65b9.jpg Polícia Civil do Piauí
  • 40b65ecd-563e-4a3a-8bec-8602fd999200.jpg Polícia Civil do Piauí
  • 184713ed-ea75-44b8-97cb-8cf527bd51f2.jpg Polícia Civil do Piauí
  • 67d7d73a-9e01-48f5-a976-a8c3a74db989.jpg Polícia Civil do Piauí
  • ff9f2a2a-8293-4f00-86c0-b6e814c7c5e3.jpg Polícia Civil do Piauí

Um homem que mantinha uma fábrica de armas caseiras foi preso nesta sexta-feira (24) no município de Altos, a 42 km de Teresina. De acordo com o delegado Jarbas Lima, Antônio Francisco Santiago, 54 anos, foi preso em flagrante e autuado nos artigos 12 e 17 do Estatuto do Desarmamento, que dispõe sobre a posse irregular de arma de fogo de uso permitido e comércio ilegal e arma de fogo, respectivamente. Uma espingarda era vendida na média de R$ 500. 

“No local foram encontradas duas armas de fogo, sendo um rifle calibre 22, uma espingarda calibre 20, munições de calibre 38 e 44, um cartucho de espingarda, além de espoletas, canos e molas que seriam utilizadas para fabricar outras armas”, disse o delegado, destacando que o preso foi encaminhado para a delegacia do município. 
 
Na fábrica, o delegado também informou que foram apreendidos dois televisores (uma de 51 e outra de 40 polegadas).  A Polícia trabalha com a hipótese dos produtos serem objetos de furto e usados na troca por armas. 

Jarbas afirmou ainda que a investigação continua para identificar possíveis compradores das armas.

 

Carlienne Carpaso
carliene@cidadeverde.com