Cidadeverde.com

Parceria entre Prefeitura de Altos e associação possibilita coleta de resíduos recicláveis

Um termo de compromisso firmado entre a Prefeitura de Altos e o movimento Associação Emaús Trapeiros de Teresina tem garantido o trabalho de coleta de lixo solidária para fins de reciclagem. A ideia pretende incentivar o exercício de boas práticas para a preservação do meio ambiente, de modo que a comunidade assimile o entendimento de que essas ações refletem na melhoria da qualidade de vida do ser humano.

De acordo com Manoel Severino, professor e artista plástico que presta serviços para a Secretaria de Assistência Social do município, depois de coletados, os resíduos são armazenados no prédio da Emáus Plenitude de Altos, uma extensão da associação teresinense sediada no Bairro Tranqueira.

“Um mapa de coleta foi estabelecido pela Emaús de Altos. Nós recolhemos os resíduos em comércios, farmácias, escolas e nas residências das pessoas. Inclusive estamos à disposição para atender o chamado da comunidade. Estamos sempre na Secretaria de Assistência Social, basta chamar que providenciaremos a coleta em domicílio”, observa Severino.

Ainda segundo o professor, o serviço recolhe, principalmente, papéis usados; exceto lixo orgânico, lâmpadas, isopores, pilhas, baterias de celular e outros tipos de lixo tóxico.

A prefeita de Altos, Patrícia Leal, destacou a importância da ação social e de sua divulgação para a comunidade.

“As ações com foco na preservação do meio ambiente devem ter prioridade em nossas vidas. Precisamos fazer desse tipo de atitude uma ação natural, algo comum no nosso dia a dia. Para isso, essa consciência deve ser desenvolvida desde cedo, com trabalho nas escolas e campanhas educativas”, comenta Patrícia.

Antônio Francisco Santos, diretor da associação, ressalta que o projeto é audacioso, e que planeja difundir a ideia por todo o Piauí. “Estamos felizes com a parceria firmada com o município de Altos. Temos certeza que este pensamento vai se espalhar por outras cidades da região. É mais gente pensando no meio ambiente e mais famílias carentes sendo beneficiadas”, completou.

O movimento Emaús Trapeiros foi fundado em 1997 e é mantido por doações de materiais recicláveis doados por entidades públicas.

Fonte: Ascom