Cidadeverde.com

Pai suspeito de estuprar filha é preso por descumprir medida protetiva

Foto: Google Maps

Policiais do 14º Distrito de Altos prenderam Fransueliton Silva, 36 anos, por quebrar medida protetiva e ameaçar a filha de 14 anos. O afastamento havia sido determinado pela Justiça após ele ser suspeito de estuprar a garota. O mandado de prisão foi cumprido nesta terça-feira(03). 

De acordo com escrivão Pedro Santana, do 14º DP, a polícia já estava monitorando o suspeito, depois que a juíza Carmen Maria Paiva Ferraz Soares decretou a prisão na última quinta-feira(28). 

“A juíza atendeu ao pedido do Ministério Público e do Conselho Tutelar que denunciou o suspeito de descumprir a medida protetiva. A menor relatou ao Conselho que o pai a ameaçou de quebrar seu pescoço e dar um tiro, pela denúncia”, explicou o escrivão. 

Ele estava sendo monitorado desde a semana passada pela polícia e na manhã de ontem foi preso no meio da rua. 

“A suspeita era que ele vinha estuprando a filha e a denúncia foi feita no final do ano aqui na delegacia. O inquérito contra ele foi encerrado em fevereiro e remetido a justiça, depois disso o Ministério Público pediu a medida protetiva para a mãe e a filha e ele quebrou. Nós cumprimos um mandado solicitado pelo MP”, acrescentou o policial civil. 

Na solicitação o MP alega que a decisão de medida protetiva imposta a Fransueliton Silva,  determinando a suspensão das visitas à menor, afastamento do lar, suspensão de posse ou restrição de porte de armas, proibição de frequentar a residência da vítima, além da necessária prestação de alimentos, não foi suficiente, posto que o mesmo ameaçou dar um tiro na perna e quebrar o pescoço de sua filha caso a mesma não residisse em casa em sua companhia.

A juíza acolheu o pedido de prisão por entender que houve “descumprimento das medidas protetivas de urgência que lhe foram aplicadas e para preservar a vítima de novas investidas violentas, evitando a reiteração criminosa e assegurando a ordem pública”, argumentou na sentença. 

Fransueliton está recolhido em uma das celas do distrito aguardando transferência para o sistema prisional que pode ocorrer ainda hoje. 

 

Caroline Oliveira
carolineoliveira@cidadeverde.com