Cidadeverde.com

Floriano mantém Unidades Básicas de Saúde abertas na pandemia

Floriano manteve todas as Unidades Básicas de Saúde abertas mesmo durante a pandemia. As unidades atendem, principalmente, casos de síndromes gripais, mas também monitoram usuários do sistema que precisam dos serviços de saúde como gestantes que não podem deixar de fazer o pré-natal, além de hipertensos, diabéticos, atualização da caderneta vacinal e o atendimento em "bloco de horas", ou seja, o usuário tem sua consulta ou procedimento agendado e é atendido com hora marcada.

Um belo exemplo de organização e atendimento à população é a Unidade Básica de Saúde Viana de Carvalho, localizada no bairro Sambaíba Velha e que é a unidade referência do processo de Planificação pelo Ministério da Saúde e consultoria do Hospital Albert Eistein e SESAPI. O atendimento desta UBS é base para a implantação em outras unidades de saúde do município.

“Nesse momento de pandemia, a planificação tem nos ajudado a manter todas as nossas unidades em pleno funcionamento. Estamos trabalhando com o bloco de horas para grupos prioritários e a UBS Viana de Carvalho é referência", disse James Rodrigues, Secretário de Saúde de Floriano. 

Sete das 17 Unidades Básicas de Saúde na zona urbana de Floriano já funcionam no formato “bloco de horas”. Segundo o Secretário de Saúde, James rodrigues, a pasta já trabalha para levar este modelo para o restante das UBSs do município. 

A médica Isadora Lira que atende na UBS Viana de Carvalho destacou as mudanças que aconteceram no atendimento após a implantação do novo sistema. “O bloco de horas é uma ferramenta importante de atendimento à população, pois reduz o tempo de espera do usuário, evita aglomeração nos postos e organiza o serviço e nesse momento de pandemia ajuda a manter os cuidados com a população”, disse.

Da Redação
[email protected]