Cidadeverde.com

Esperantina avalia condições de reabertura do comércio e igrejas

A Prefeitura de Esperantina realizou, na terça-feira (23), uma reunião com representantes da gestão municipal, Câmara de Vereadores, igrejas, Polícia Militar e comerciantes para avaliar a reabertura gradual do comércio e das atividades religiosas. A reunião foi organizada pelo Comitê Municipal de Prevenção e Enfrentamento à Covid-19 em Esperantina e serviu para discutir medidas a serem tomadas quando ocorrer o retorno das atividades comerciais e das igrejas evangélicas e católica.    

“Todas as medidas são e serão tomadas com o objetivo de garantir a saúde, a vida das pessoas e evitar o colapso no sistema municipal de saúde. Nós queremos o retorno das atividades comerciais e religiosas, mas respeitando todas as medidas sanitárias de combate à covid-19. A reunião foi justamente para alinhar com os setores sobre essas medidas necessárias”, explica a prefeita Vilma Amorim.   

No decreto nº 19.040/2020, o Governo do Estado apresenta o Protocolo Geral de recomendações higienicossanitárias, que serve de parâmetro para as atividades econômicas essenciais e não essenciais, em face da flexibilização do isolamento social para reabertura gradativa das empresas e estabelecimentos.   

"Sabemos que as recomendações do Protocolo só se tornam eficientes e eficazes se forem realizadas em sua totalidade. Por isso, é importante que todos conheçam as medidas de segurança e se adequem a essa nova realidade que se apresenta para todos nós. A responsabilidade dessas ações para evitar a propagação e o contágio do novo coronavírus é de todos nós - Poder Público, empregadores, trabalhadores e sociedade em geral. Juntos, com certeza, podemos minimizar os danos desse vírus”, completa Vilma Amorim.   

A prefeita ressalta ainda que a autorização para a reabertura do comércio e atividades religiosas partirá de decretos estaduais, estando de acordo com o Pacto Pela Retomada Organizada no Piauí Covid-19 – PRO PIAUÍ, que estabelece o planejamento para a flexibilização das medidas de isolamento social e retorno gradual.