Cidadeverde.com

Leo Matos volta à prefeitura de Gilbués

Foto: reprodução

O desembargador Oton Lustosa deferiu pedido de  medida cautelar que trata  do retorno ao cargo do ex-prefeito de Gilbués, Léo Matos.

Léo Matos perdeu o cargo, por exercício de função administrativa em âmbito privado. O desembargador Oton Lustosa na decisão expõe que o município não tem competência sobre questões eleitorais ou crimes de responsabilidade.  Léo Matos, retorna ao cargo de chefe do executivo após quase dois meses de afastamento.

A Câmara de Gilbués tem 30 dias para se manifestar sobre o tema. A prefeitura de Gilbués está sendo administrada pelo vereador Manin do MDB. Gilbués fica distante 797 quilômetros de Teresina.