Cidadeverde.com

PRO Piauí Picos – coordenador regional visita IDEPI e discute ações na macrorregião

O diretor-geral do IDEPI, Leonardo Sobral, recebeu, nesta sexta-feira (26), o coordenador regional do PROPiauí em Picos, o empresário Francisco da Costa Araújo Filho, conhecido como Araujinho, para tratar sobre os investimentos e ações do Programa na macrorregião que abrange, hoje, 42 municípios pertencentes às regiões dos Vales do Guaribas e Canindé. 

“Todos estes municípios convergem para Picos, o que torna a cidade um grande centro político, mas também de negócios, e isso demanda obras sociais, de saúde, estruturantes e de fortalecimento da economia regional, dentre outras atendidas pelo ProPiauí. Daí,  a importância da implementação do Programa na região, beneficiando mais de meio milhão de habitantes”, avalia Araujinho.

Ele explica que, além do acompanhamento de obras que já estão em andamento, o trabalho do coordenador é também fazer um levantamento das principais necessidades da região nas áreas atendidas pelo PROPiauí e apresentar aos órgãos responsáveis para discutir a viabilidade da execução. “Assim como o IDEPI, outros órgãos serão visitados”, afirma.

Segundo Leonardo Sobral, o IDEPI está realizando várias obras de infraestrutura na região de Picos. “São obras que fazem parte do PROPiauí. Ele destaca, especialmente, as obras de mobilidade urbana e rural, como por exemplo, a recuperação de cerca de 70 km de estradas vicinais, interligando 13 povoados na zona rural do município. “Além disso, a cidade de Picos, também receberá 30 mil m² de pavimentação em paralelepípedo em 16 bairros. Os investimentos nas obras chegam a mais de R$ 5 milhões de reais, recursos do tesouro estadual, através do PROPIAUÍ”, afirma Sobral.

“A definição de coordenadores regionais do PROPiauí em cada território de desenvolvimento do estado atende a uma recomendação do governador Wellington Dias e também do Secretário de Fazenda, Rafael Fonteles, coordenador do Programa. A ideia é que os responsáveis por cada região acompanhem e monitorem o andamento das obras, uma forma de agilizar e fazer com que elas sejam cumpridas dentro do prazo estabelecido pelo Programa”, destacou Leonardo Sobral, ressaltando que Araujinho é o primeiro coordenador regional a visitar o órgão.

Da Redação
[email protected]