Cidadeverde.com

Município de Valença terá miniusina de energia solar

O Governo do Piauí está implantando, através de uma Parceria Público Privada (PPP), oito miniusinas de energia solar fotovoltaica no estado. Essas estruturas contatarão com tecnologia tracker, um equipamento corrige o ângulo dos painéis diversas vezes durante o dia para acompanhar o movimento do sol, fazendo com que a produção de energia seja maximizada. Com isso, a produção de energia é cerca de 30% maior.

A superintendente Viviane Moura esteve no município de Valença do Piauí nesta terça-feira (28) para visitar um terreno que vai receber uma destas estruturas através da concessionária Piauí Energia Sustentável.

Por possuir uma fonte de energia renovável, a produção das miniusinas ocorre sem queima de combustíveis fósseis – aqueles responsáveis pela emissão de gases de efeito estufa na atmosfera e agravamento do nível de poluição. Estima-se que, em 25 anos, a utilização da energia solar impedirá que mais de 100 toneladas de CO2 sejam lançadas na atmosfera.

Altos, Campo Maior e Coivaras são outras das cidades que vão sediar as instalações. Três empresas são responsáveis pela construção, operação, manutenção e gestão das miniusinas: Brenge Par, GM Energia e Piauí Energia Sustentável.

A PPP de Energia Limpa vai gerar um total de 5,2 milhões quilowatts por mês. Para efeitos de comparação, o consumo mensal de energia para manter corredores, fontes, banheiros e espaços comuns do maior shopping do Brasil é de cerca de 1 milhão de quilowatts.