Cidadeverde.com

Imóveis abandonados são fechados para coibir tráfico de drogas

Foto: ascom

A Prefeitura de Campo Maior, através da Secretaria Municipal de Assistência Social e Geração de Renda (Semas), deu início ao trabalho de fechamento de imóveis abandonados no Centro da cidade, que estavam servindo de locais para uso de droga. Estes espaços têm sido frequentados por criminosos para a prática de delitos como tráfico de entorpecentes.

“Estes espaços transformaram-se em verdadeiras ‘cracolândias’, tornando-se um problema não só de segurança, mas também de saúde pública. Neles se acumulam lixo de toda a espécie, que propiciam a proliferação de ratos, baratas e de outros animais transmissores de doenças”, destacou o superintendente da Semas, Joares Cavalcante.

A interdição dos imóveis abandonados no Centro de Campo Maior acontece após parecer social realizado pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Geração de Renda, mediante autorização expressa de proprietários.

Ainda segundo o superintendente, a ação visa contribuir com a promoção da cidadania: “Além disso, o fechamento e a limpeza dos locais facilitará a abordagem de usuários de drogas e moradores de rua pelas equipes de resgate social e a aplicação de políticas públicas que visam a devolver a dignidade, promover a cidadania e reinserir essa população na sociedade”, falou.