Cidadeverde.com

Movimento Municipalista em Picos

O município de Picos sediou na manhã desta sexta-feira (04) o "I Movimento Municipalista" da região, com prefeitos municipais do centro-sul do Piauí. Na ocasião, foi criada oficialmente a Associação dos Municípios do Vale do Itaim (AMVI) e a reativada a Associação dos Municípios da Microrregião de Picos (AMPICOS).
 
Com o tema "Pauta Municipalista: União e Fortalecimento", o evento contou com o apoio da Associação Piauiense de Municípios (APPM), Governo do Estado do Piauí e Confederação Nacional dos Municípios (CNM). O encontro aconteceu no Centro de Treinamento Diocesano – CTD.
 
O prefeito Renato, de São Luis do Piauí, um dos organizadores do evento, destaca que o objetivo era promover a união e o fortalecimento do movimento municipalista regional, oportunizando melhorias para as cidades.
 
“Durante o evento prefeitos e assessores tiveram acesso a temas como previdência dos municípios, ampliação de receita, modelo de gestão, consórcios intermunicipais, incremento na arrecadação municipal, dentre outros. Foi muito proveitoso”, observa.
 
Diretoria da APPM participa de criação da AMVI e reativação da AMPICOS
 

O presidente da APPM, Gil Carlos e o vice-presidente da entidade municipalista, Jonas Moura, além de prefeitos e autoridades da região, participaram do encontro e da instauração das duas entidades.
 
“Promover a união dos municípios e o fortalecimento das gestões é uma das nossas bandeiras. Vemos com bons olhos a criação de associações por microrregião, acreditando que este é o caminho para a consolidação de políticas e diretrizes concretas, que atendam diretamente as peculiaridades de cada uma. A APPM dará o suporte necessário para que todas se fortaleçam e tenham o respaldo necessário”, relata Jonas Moura.
 
O presidente da APPM acrescenta que o objetivo é ter 12 associações territoriais coincidindo com os territórios de desenvolvimento do Piauí, pois existem as singularidades e prioridades de cada região, integrando assim o desenvolvimento regional.
 
“Necessitamos de alternativas locais, de boas práticas de gestão de modo a otimizar a aplicação dos recursos públicos, consequentemente melhorando os serviços públicos e promovendo o desenvolvimento econômico para potencializar o setor primário, que na região de Picos é representado pelo mel, o caju, a ovinocaprinocultura, além do setor de serviços. Devemos nos unir para que assim consigamos superar a crise gerando emprego e renda”, conclui Gil Carlos.
 
Foram ratificados os nomes dos prefeitos Toninho, de Caridade, e Edilson Brito, de Vila Nova do Piauí, como presidente e vice-presidente da Associação dos Municípios do Vale do Itaim (AMVI). Já a Associação dos Municípios da Microrregião de Picos (AMPICOS) ainda elegerá sua nova diretoria.

Fonte: Ascom