Cidadeverde.com

Prefeitura de Oeiras firma parceria para servidores

A Prefeitura de Oeiras e a Câmara de Dirigentes Lojistas e Associação de Comércio Oeirense (CDL/ASCOM) firmaram uma parceria que permitirá a adesão de servidores municipais a uma nova ferramenta de crédito. Através do cartão de crédito OeirasCard, proposto pela CDL/ASCOM, os servidores efetivos e comissionados do município poderão dispor de até 30% do seu rendimento mensal para fazer compras em empresas associadas.

Na manhã desta nesta terça-feira, 10, numa reunião entre o prefeito José Raimundo, a Assessoria Jurídica da Prefeitura e representantes da CDL/ASCOM, foram definidos os últimos detalhes do convênio, que deve ser oficializado na próxima segunda-feira, 16.

O prefeito José Raimundo acredita que o dispositivo estabelece uma nova fonte de crédito e deve incrementar a atividade comercial em Oeiras. “Essa parceria entre a Prefeitura e a CDL dará uma fonte alternativa de crédito para o município de Oeiras, fazendo com que esse recurso fique girando na economia local. E não apenas isso. Estamos disponibilizando aos funcionários efetivos e contratados do município mais uma fonte de crédito para fazer uso no comércio local”, pondera o prefeito.

Último Campos, presidente da CDL/ASCOM, diz que a parceria contribui para impulsionar o comércio oeirense e reduzir o índice de inadimplência. “Vai ser uma alavancagem e tanto para o comércio local, nesta estratégia do OeirasCard, que é justamente estabelecer esse fluxo de compras em Oeiras. É uma forma de fortalecer o comércio local e diminuir a inadimplência – esse é ponto chave. Os comerciantes vão ter uma alternativa à nota promissória agora. Eles vão poder aceitar o cartão como uma alternativa à nota promissória e garantir o recebimentos dos recursos do que foi vendido”, explica.

“Já o servidor municipal vai ter seu poder de compra alargado, vai poder maximizar sua forma de consumir em Oeiras, através desse ‘vale-adiantamento’. Ele terá a possibilidade, caso consuma todo o saldo do seu salário mensal, de usar o cartão para suas compras emergenciais”, ilustra Último Campos.

De acordo com a CDL/ASCOM, esta modalidade de crédito já é bastante praticada no Ceará e em estados do Sudeste, por exemplo. A adesão ao cartão é opcional, cabe ao servidor decidir se vai usá-lo ou não.

 Fonte: Ascom