Cidadeverde.com

Superação de limites e Inclusão social em exposição fotográfica

  • CM_inclusão_1.jpg Ascom
  • CM_inclusão_3.jpg Ascom
  • CM_inclusão_2.jpg Ascom
  • CM_inclusão_4.jpg Ascom
  • CM_inclusão.jpg Ascom

Limites e limitações, quem não os tem? A diferença está na forma como cada pessoa lida com a situação. E, neste quesito, a Nina, a Joana, o Valdinar e o Martiniano dão um belo exemplo de vida e superação. São eles os protagonistas da exposição “Vencendo Obstáculos”, que será exibida nos dias 11 e 12 de maio durante o Fórum Regional de Politicas Publicas para Pessoas com Deficiência - Todos pela Inclusão, que acontecerá em Campo Maior, a 80 quilômetros ao norte de Teresina.

O projeto é uma iniciativa da Prefeitura de Campo Maior através da Secretaria Municipal de Assistência Social e Geração de Renda (SEMAS), de autoria do CRAS Prof. Altivo. O objeto é implantar uma politica de inclusão social e promover autonomia e a inclusão de pessoas com deficiência em atividades físicas, artísticas e de lazer, tornando pública a superação de limitações e desafios, incentivando a construção de uma sociedade sem barreiras.

A Mostra apresenta fotografias de nove pessoas com deficiência e que ousaram ir além de suas limitações, participando de modalidades como capoeira, natação, balé, desenho e artesanato, atividades estas desenvolvidas e apoiadas pela Secretaria de Assistência Social e Geração de Renda (SEMAS), Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), Associação dos Deficientes Audiovisuais de Campo Maior (ADVIC), Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência (COMUDE), Associação dos Deficientes Físicos e Auditivos de Campo Maior (ADEFAC).

A assistente social Melissa Ferreira ressalta que essas instituições atuam com a finalidade de oferecer igualdade de oportunidades a todos os indivíduos e enfatizar suas qualidades e capacidades, eliminação de barreiras físicas, psicológicas e de comunicação, promovendo, assim, as condições adequadas para garantir sua inserção real e virtual.

O projeto desenvolvido pelo CRAS Altivo foi registado pelas lentes do fotógrafo Leo Seabra e é uma oportunidade de desenvolver habilidades e ampliar os espaços de atuação e alcance de todas e todos com mais autonomia, seja qual for a condição física, sensorial, intelectual ou mental. A convivência com a diversidade proporcionará novas experiências a todos, combatendo o preconceito, estimulando o respeito às diferenças e valorizando a diversidade por meio do reconhecimento da igualdade.

DADOS

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), uma em cada sete pessoas no mundo vivem com algum tipo de deficiência, totalizando 1 bilhão de pessoas.  O conceito de deficiência inclui uma grande variedade de características físicas, intelectuais ou sensoriais decorrentes de causas adquiridas ou congênitas.

Os princípios da Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, destaca que temos o dever de“(...) garantir o respeito pela dignidade inerente, a independência da Pessoa, inclusive a liberdade de fazer as próprias escolhas, e a autonomia individual, a não-discriminação, a plena efetiva participação e inclusão na sociedade, o respeito pela diferença, a igualdade de oportunidades, a acessibilidade, a igualdade entre o homem e a mulher e, o respeito  pelas capacidades em desenvolvimento de crianças com deficiência”.

INFORMAÇÕES:


Mostra Fotográfica - “Vencendo Obstáculos”

Data da exposição – Sexta-feira (11/05), às 18h e Sábado (12/05), das 8h às 18h

Local: Quadra do colégio Patronato - rua 11 de Julho, 285, Bairro Nossa Senhora de Lourdes

PARTICIPANTES:

Nina Vasconcelos Bona – 23 anos - Deficiência múltipla - APAE

Martiniano Rodrigues Nascimento Júnior – 41 anos - Deficiência múltipla, deficiência auditiva - APAE

Valdinar Rodrigues de Morais - Deficiência visual

ARTESANATO (Macramê)- ADVIC

Joana Maria da Conceição das Chagas - Deficiente visual

ARTESANATO (Macramê)- ADVIC

Fonte: Ascom