Cidadeverde.com

Governo beneficia mutuários de Parnaíba

O diretor-presidente da Empresa de Gestão de Recursos do Piauí (Emgerpi), Décio Solano, visitou, nessa quinta-feira (24), o escritório regional da empresa na cidade de Parnaíba e entregou 20 ofícios de liberação de hipoteca para mutuários do conjunto Joaz de Sousa e outros empreendimentos habitacionais construídos pela extinta Companhia de Habitação do Piauí (Cohab-PI) no município.

Os diretores da Emgerpi, Ana Lúcia Gonçalves (Processos Imobiliários), Leonardo Botelho (Regularização Patrimonial Imobiliário) e a gerente do escritório regional da Emgerpi em Parnaíba, Rivanda Prado, também entregaram ofícios.

Para Décio Solano, além de conhecer as instalações e as demandas da equipe regional de Parnaíba, o objetivo da visita foi também dialogar com os mutuários da cidade e fazer a entrega de ofícios de hipotecas para aquelas pessoas que haviam dado entrada no processo de regularização fundiária dos imóveis. “É sempre uma satisfação realizar ações do Programa Minha Casa Legal, visto que é um programa que leva dignidade aos mutuários e valorização para os imóveis”, destacou o gestor.

A mutuária Mariz Lizete Braga Campos estava entre os que receberam ofícios de liberação de hipotecas dos imóveis. A moradora do conjunto Joaz de Sousa há 18 anos falou sobre a trajetória até receber o ofício. “Primeiramente fui chamada pela Emgerpi para finalizar os pagamentos, depois para trazer a documentação que faltava para este escritório de Parnaíba. Agora fui chamada para receber a escritura definitiva da minha casa. Eu estou muito feliz e agradecida, pois nem demorou muito para poder receber este documento. Agora preciso ir ao cartório para registrar meu imóvel que ficará mais valorizado. Isso é tudo que a gente deseja ter em nossa velhice e todo mundo merece ter a casa legalizada”, disse a mutuária bastante emocionada.

Conforme a diretora de Processos Imobiliários da Emgerpi, Ana Lúcia Gonçalves, a visita tem como finalidade repassar informações sobre quais os procedimentos devem ser adotados pela equipe regional para regularizar, por meio do Programa Minha Casa Legal, os conjuntos habitacionais: Cândido Ataíde e conjunto João Paulo II, ambos localizados no município.

Ana Lúcia explica que “os levantamentos ocupacionais, feitos nesses dois empreendimentos habitacionais de Parnaíba, já foram concluídos e as orientações de regularização cadastrais também estão em andamento, assim como os processos de negociações de débitos dos mutuários. Com a nova lei de regularização fundiária urbana, nº 13.465/2017, adotaremos os novos procedimentos previstos nesta lei para promover a regularização destes dois conjuntos habitacionais”, disse a diretora.

Ainda nesta quinta-feira (24), a equipe de diretoria da Emgerpi também visitará a cidade de Pedro II, tendo como objetivo fazer visitas institucionais à Prefeitura Municipal de Pedro II e ao cartório de registro de imóveis do município.

Conforme o diretor de Regularização Patrimonial da Emgerpi, Leonardo Botelho, “em Pedro II a Emgerpi visa encaminhar a documentação necessária para finalizar a regularização fundiária do conjunto Itamaraty, que possui 40 unidades habitacionais”.

A coordenadora do Acervo Patrimonial Imobiliário da Emgerpi, Cláudia Sinare, acompanhará os diretores ao longo das visitas em Pedro II, que também tem como finalidade tratar sobre a expedição da documentação que os gestores municipais precisam apresentar ao cartório da cidade para referendar à aprovação do registro e averbação do Conjunto Itamaraty.

Na semana passada, Décio Solano e os diretores da Emgerpi realizaram visitas aos escritórios regionais que a empresa tem nas cidades de Picos e Floriano. No roteiro regional, a equipe de diretoria também realizou visitas institucionais, na prefeitura e em cartórios, para dialogar e resolver pendências ligadas aos processos de regularização de conjuntos habitacionais que a extinta Cohab-PI construiu nos dois municípios.

Fonte: Ccom