Cidadeverde.com

Agricultores vão produzir alho na zona rural de Oeiras

Agricultores familiares de Oeiras começam a se preparar para o plantio do alho, na zona rural do município. Nesta quarta-feira, 13, ocorreu o encerramento a capacitação sobre o manejo do alho, promovida pela Prefeitura de Oeiras, através da Secretaria Municipal de Agricultura, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e o Instituto Federal do Piauí (IFPI).

No curso, os 17 produtores rurais inscritos receberam orientações sobre o plantio e os tratos exigidos para o desenvolvimento da cultura, como as condições ideais para o cultivo, aquisição das sementes, cuidados com o solo, espaçamento, adubação e outros itens importantes para uma boa produção e produtividade.

O plantio deve acontecer após o período invernoso, entre meados de abril e o final de maio, e faz parte do Projeto Revitalização da Cultura do Alho, realizado em Oeiras e outros municípios do Piauí, com apoio da Associação Piauiense dos Produtores de Alho. “Estamos fazendo esse resgate da cultura do alho no Vale do Canindé para que seja uma opção viável e sustentável para o produtor nessa cultura. Uma cultura que é milenar, onde só existe uma janela de plantio, por isso estamos preocupados em fazer com que, a cada ano, ela possa se multiplicar”, comenta José Airton, presidente Associação Piauiense dos Produtores de Alho.

Ele informa que a entidade vai disponibilizar 02 kg de sementes de alho para cada participantes do curso, como forma de estimular a produção. Segundo ele, cada quilo de semente é capaz de produzir até 10 kg de alho. As sementes serão disponibilizadas através de empréstimo. “Cada agricultor vai produzir, inicialmente, 20 kg de alho e, com isso, nos devolver os dois quilos emprestados pela associação”, explica José Airton.

A capacitação, mediada pelos instrutores do Senar, apresentou o cultivo de alho por meio da tecnologia de Alho Livre de Vírus (ALV). Essa técnica consiste na plantação do alho semente, garantindo maior produtividade e melhor qualidade do produto. “Nosso objetivo é levar conhecimento para esses agricultores, pois eles serão os produtores responsáveis pela área experimental do Alho Livre de Vírus no município. Para o próximo ano, queremos aumentar ainda mais este número e, realmente, revitalizar a cultura do alho em Oeiras, nos somando a outros municípios desta região que já fazem esse trabalho”, comenta Juvenal Souza, secretário municipal de Agricultura.

“Queremos introduzir e promover uma agricultura sustentável e motivar os agricultores para a implantação do alho, através do nosso corpo técnico. Esta capacitação foi muito importante, porque só conseguimos produzir adquirindo conhecimento e é uma preocupação da Prefeitura de Oeiras, através da Secretaria de Agricultura: trazer o conhecimento para que os agricultores possam desenvolver e deslanchar a produção em suas propriedades, com mais segurança para alcançar uma boa safra e atender das demandas do município de Oeiras”, acrescenta o secretário.

Fonte: Ascom