Cidadeverde.com

Mudanças em Campo Maior

Em solenidade na manhã desta quarta-feira (20/02), no auditório do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Campo Maior (SAAE), o prefeito Professor Ribinha apresentou aos servidores o secretário de Governo Carlos Torres como diretor interino da autarquia. A mudança aconteceu após o vereador Fernando Miranda abandonar a base política da administração e entregar os cargos que tinha indicação.

O prefeito Ribinha enalteceu os trabalhos desenvolvidos pelo ex-diretor João Lima, mas destacou que ele não poderia seguir no cargo, pois ocupava uma pasta com indicação política. Na primeira manifestação após o rompimento do início da semana, o prefeito afirmou que não existe crise no governo. Para ele, a saída de um aliado é natural e não é motivo para desarrumar a gestão.

“Ninguém é obrigado a concordar com a gestão. Eu tenho convicção que estamos num caminho certo de trabalho firme para melhorar a vida das pessoas. Isso fica claro quando olhamos para a Câmara e vemos 10 dos 13 vereadores apoiando nosso projeto para uma cidade cada vez melhor. As pessoas têm livre arbítrio e escolheram ficar com a gente”, afirmou.

Sobre a relação com o vereador Fernando Miranda, Ribinha disse que segue a linha do respeito. “Nos conhecemos a bastante tempo. Fomos vereadores juntos, secretários juntos. Não fica qualquer mágoa. Vou continuar respeitando o vereador como presidente da Câmara. Campo Maior testemunha a boa relação que sempre procuro manter com os parlamentares e as lideranças políticas”, garantiu.

O prefeito disse que o secretário Carlos Torres fica no SAAE até a confirmação do nome de um técnico para assumir a autarquia. O prefeito negou que tenha compromisso com lideranças políticas para indicação do cargo.

Ascom