Cidadeverde.com
Contabilidade - José Corsino

Feirão de Automóveis irá facilitar compra de veículos para o servidor

 

Foi lançado nesta segunda-feira (17),  no Palácio de Karnak, o Feirão para a compra de carros novos e usados pelos funcionários públicos estaduais, profissionais contábeis e advogados.  O Feirão de Automóveis do Servidor oferecerá vantagens de vendas de veículos novos e seminovos com descontos de até R$ 10 mil, financiamento em até 60 meses e 100% do valor do veículo, concessão da carência de até 180 dias para o pagamento da primeira parcela, trocas de carros usados por seminovos, garantia de 4 meses para veículos seminovos, taxas especiais a partir de 1,46% junto as instituições financeiras e ainda pode escolher dois meses no ano em que não pagará a prestação. Uma excelente oportunidade para que pensa em trocar de carro.

O evento em parceria com a Caixa Econômica e Banco do Brasil, vai ocorrer no período de 3 a 5 de novembro, das 8h às 22h, no estacionamento interno do Teresina Shopping com as vendas de veículos seminovos, e contará também com as vendas em todas as concessionárias do Piauí.

As vendas e trocas poderão são destinadas para o servidor público estadual, polícia militar, bombeiro militar, ativo e inativo e pensionistas da administração direta autárquica e fundacional do Estado do Piauí de qualquer do Poder Executivo, Legislativo, Judiciário, Tribunal de Contas Ministério Público vinculados ao Regime Próprio da Previdência Social, empregados públicos das empresas públicas e sociedades de economias mista estaduais e advogados regularmente inscritos na OAB/PI, e qualquer profissional de contabilidade, inscrito no Conselho Regional de Contabilidade (CRC).

O governador Wellington Dias informou que a medida é uma alternativa para aumentar a receita do Estado, canalizando esses recursos para o Fundo de Previdência.

“Nós temos que ser criativos nesses momentos de crise, aqui nós estamos tratando de cerca de R$ 5 bilhões que circulam na economia do Piauí através dos salários dos servidores desses setores, por isso é interessante a gente criar meios para canalizar parte desses recursos para dentro do Estado e assim poder capitalizar nosso fundo de previdência”, disse o Governador.

 

Com informações da Ccom