Cidadeverde.com
Contabilidade - José Corsino

Conheça a Vice-Presidência de Política Institucional do CFC

Vice-Presidência de Política Institucional: diálogo mais próximo com as Instituições e a Sociedade

 

Criada em 2016, a Vice-Presidência de Política Institucional do CFC tem o objetivo de manter e coordenar o relacionamento institucional do CFC com os órgãos dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário e com as instituições da sociedade civil organizada.

Outro importante objetivo da Vice-Presidência refere-se ao fortalecimento da imagem do CFC e da classe contábil perante a sociedade brasileira.  Por meio de projetos, a Vice-Presidência tem a missão de posicionar o CFC junto aos formadores de opinião pronunciando-se sobre os temas inerentes à área contábil no Brasil.

O contador Joaquim de Alencar Bezerra Filho atua como vice-presidente desde que a área foi criada, com o objetivo de estreitar as relações institucionais com as instituições e os Poderes constituídos.

Confira, a seguir, a entrevista com o vice-presidente Joaquim Bezerra.

Quais são os seus desafios à frente da Vice-Presidência?

Joaquim Bezerra - A Vice-Presidência de Política Institucional foi criada há 2 anos, na gestão do presidente Martonio Coelho, tendo em vista a necessidade de aprimorarmos as relações institucionais com os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário e com as instituições que, de uma forma ou de outra, estão inseridas no radar das discussões contábeis do Brasil e do mundo.

Nesses últimos dois anos, muitas conquistas foram catalogadas, frutos de um acompanhamento mais próximo dessas relações, em todas as áreas e projetos que atuamos.

A nossa relação com o Poder Legislativo é cada vez mais estreita. E a pauta do Congresso, em todas as comissões, tem a presença do CFC, seja como uma voz consultiva ou como colaborador na elaboração dos textos das leis, como é o caso da Reforma do Código Comercial, da Reforma Tributária, da Reforma Política, na Reforma Trabalhista, Previdenciária, das legislações que tratam da contabilidade pública do Brasil e da Responsabilidade Fiscal. Sem dúvida, a classe contábil brasileira tem contribuído para o desenvolvimento econômico e social do País.

Neste ano eleitoral, uma das grandes pautas da Vice-Presidência é sobre a Transparência e a participação direta na elaboração das Leis do nosso País, que envolvem direta ou indiretamente a Ciências Contábeis. Além disso, por estarmos em um ano de eleições no Brasil, o combate à corrupção eleitoral, o fomento da política de transparência e o controle do financiamento das campanhas eleitorais estarão entre nossas pautas, que em ação conjunta com a Justiça Eleitoral e o Conselho Federal de Contabilidade deverão atuar diretamente na capacitação de profissionais e da sociedade como um todo para edificarmos as Eleições Limpas em nosso País.

O Brasil enfrenta ainda consequências danosas de uma crise político-econômica nos últimos anos, e a Contabilidade tem se apresentado como ferramenta importante no processo de evidenciação dos fatos, quando dispõe de uma moderna legislação de normas aplicadas aliada às tecnologias dispostas, que juntas permitem o  fomento da transparência e do controle, como forma de incentivar a sociedade a estar mais presente nesse acompanhamento.

Quais são os principais projetos da Vice-Presidência?

Joaquim Bezerra - A Vice-Presidência de Política Institucional mantém importantes projetos do Sistema CFC/CRCs, com destaque para:

Agenda Legislativa - O acompanhamento de todas as matérias e projetos de leis que envolvem direta ou indiretamente a contabilidade e/ou que influenciam nas questões econômicas, financeira e políticas do País.

Relacionamento Institucional - programa de aproximação do CFC com os poderes constituídos (Executivo, Legislativo e Judiciário) e de instituições governamentais, como forma de fomentar o sistema contábil brasileiro na contribuição de um país mais justo e igualitário.

Comunicação Institucional – ligada aos aspectos corporativos, a Comunicação Institucional (interna e externa) tem o principal objetivo de zelar pela identidade do CFC (objetivos) e imagem (o que pensa os profissionais) organizacional. O trabalho da Comunicação enfatiza os aspectos ligados à missão, visão, valores e o propósito do CFC. O Departamento de Comunicação do CFC vem acompanhando e utilizando as novas ferramentas comunicacionais, com destaque para as redes sociais, publicações digitais (jornal e revistas eletrônicas), além das atividades inerentes à Assessoria de Comunicação.

CFC JOVEM - Projeto de formação de jovens lideranças em todo o País, que tem sido uma importante ferramenta de construção de uma renovação política na classe.

PVCC - Programa de Voluntariado da Classe Contábil, que tem como premissa sensibilizar os profissionais da contabilidade sobre a importância das ações de voluntariado para a construção de uma sociedade mais justa e solidária, é considerado o mais importante programa social do Sistema CFC/CRCs. Atualmente o PVCC possui mais de 7200 voluntários, entre profissionais e estudantes.

MCCE - Movimento do Combate à Corrupção Eleitoral que é formado por mais de 100 instituições no Brasil. O CFC, que participa da diretoria do Movimento, tem sido peça fundamental no processo de construção da Reforma Política Brasileira.

OBS - Observatórios Sociais do Brasil – Instituição não governamental integrada por cidadãos brasileiros que buscam transparência na aplicação dos recursos públicos. O CFC também faz parte da diretoria da instituição e tem sido peça fundamental na construção deste processo.

Balanço Socioambiental – É atualmente uma importante ferramenta de gestão com o objetivo de apresentar ao seu público principal as informações sobre cada exercício do CFC. O Balanço apresenta resultados financeiros, indicadores de desempenho e a forma como se relaciona com sua equipe de colaboradores e com a sociedade.

Quem é Joaquim de Alencar Bezerra Filho 

Contador, empresário e pós-graduado em Auditoria e em Contabilidade. Consultor, palestrante e coordenador de projetos da Fundação Getúlio Vargas (FGV).  Atuou como líder estudantil do curso de Ciências Contábeis, e se tornou presidente do Centro Acadêmico de Ciências Contábeis do Centro de Ensino Unificado de Teresina (CEUT).  Sócio fundador e presidente por duas gestões da empresa júnior Controller e Consultoria Júnior, vice-presidente do DCE do CEUT, coordenador geral da Executiva de Estudantes de Ciências Contábeis do Nordeste e secretário da Federação Nacional de Estudantes de Ciências Contábeis (Fenecic). Atuou como diretor Administrativo Financeiro da Associação de Jovens Empresários do PI - AJE-PI, conselheiro da Confederação Nacional dos Jovens Empresários (Conaje) e membro do Conselho Nacional de Juventude do Governo Federal, enquanto secretário da Juventude da Cidade de Teresina (PI).

Sobre a Vice-Presidência

A Vice-Presidência de Política Institucional é composta pela Câmara de Assuntos Políticos Institucionais, que é um órgão Deliberativo do Conselho Federal de Contabilidade, e pela Coordenadoria de Política Institucional, que tem função de execução.

Compete à Câmara de Assuntos Políticos Institucionais desenvolver e acompanhar os projetos da Vice-Presidência de Política Institucional; coordenar e acompanhar as ações desenvolvidas pelos grupos de trabalho vinculados à Vice-Presidência de Política Institucional; manifestar sobre os projetos de leis de interesse da classe contábil que tramitam no Congresso Nacional; acompanhar as matérias e as discussões dos temas que interessam a classe contábil no âmbito dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, bem como dos órgãos, entidades e instituições; coordenar a elaboração dos projetos relativos à imagem e à divulgação do CFC; e acompanhar projetos de parcerias com instituições nacionais e internacionais.

A Câmara é composta por Joaquim de Alencar Bezerra Filho (PI), coordenador da Câmara de Política Institucional; Haroldo Santos Filho (ES), coordenador-adjunto; e Pedro Gabril Kenne da Silva (RS).

Mais informações sobre a Vice-Presidência podem ser obtidas aqui

Fonte Assessoria de Comunicaçã