Cidadeverde.com

Em isolamento domiciliar, reitor anuncia suspensão das aulas na Ufpi

O reitor da Universidade Federal do Piauí (Ufpi), Arimatea Lopes, anunciou, nesta segunda-feira (16), a suspensão das aulas na instituição. O objetivo é evitar a disseminação do novo coronavírus na comunidade acadêmica. No Brasil já tem mais de 200 casos confirmados da Covid-19. 

A suspensão começa a valer nesta terça-feira (17) e segue até o dia 15 de abril. Um Comitê de Gestor de Crise (GCG) foi formado e fará um levantamento do que será afetado por causa da suspensão. 

"A suspensão é até o dia 15 de abril e antes desses dia faremos uma nova reunião para avaliar se continuamos a suspensão ou se retornaremos as atividades normalmente", disse o reitor ao Cidadeverde.com.

Quarentena 
O anúncio de suspensão foi feito pelo reitor por meio de vídeo conferência. Ele confirmou ao Cidadeverde.com que está em isolamento domiciliar, em Teresina, após ter contato com uma pessoa que possivelmente  está com a Covid-19.

O contato aconteceu na semana passada, em um apartamento na cidade de São Paulo, onde o reitor participava da defesa da tese de doutorado da filha. 

"Lá estive em apartamento com uma pessoa que na sexta-feira (13) apresentou sintomas como dores e febres, etc. Essa pessoas fez exame e ainda não saiu resultado. Por precaução, resolvi ficar em quarentena até o resultado desse exame. Se for positivo, vou cumprir o tempo necessário previsto para pessoas que tiveram  contato com o novo coronavírus", garante. 

 O reitor garante, ainda, que não tem nenhum sintoma da doença.

"Estou completamente assintomático", afirma.


 Uespi

O reitor da Universidade Estadual do Piauí, Nouga Cardoso, disse que ainda não há previsão para suspensão de aulas da instituição. "Não podemos suspender o que não está em curso. O início do período letivo é só em 01/04. Até lá acompanharemos os fatos", disse. 

IFPI 

O reitor do Instituto Federal do Piauí comunica que, em reunião com os pró-reitores, decidiu suspender as aulas e atendimento ao público externo a partir de amanhã (15). Quanto às atividades administrativas, ainda será decidido pelo comitê de prevenção ao COVID-19.

 

Izabella Pimentel
[email protected]