Cidadeverde.com

Cinco dicas para se proteger e conter a pandemia do coronavírus

  • lavar-as-maos4.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • lavarasmaos3.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • lavarasmaos2.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • lavarasmaos.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • lavar.jpg Roberta Aline / Cidade Verde

O mundo está em alerta com a pandemia do coronavírus, doença respiratória que está afetando a população mundial e está trazendo complicações sérias para a saúde. Para conscientizar a população sobre os riscos do coronavírus e evitar que a situação se agrave, o Dr. Nipunie Rajapakse, pediatra especialista em doenças infecciosas, para informar sobre as melhores formas de evitar o contágio e conter uma maior disseminação do coronavírus. 

Lavar as mãos

Lavar as mãos é a forma mais eficaz para não contrair e não transmitir a doença. Deve-se lavar com água e sabão por pelo menos 20 segundos, frequentemente e muitas vezes ao dia, especialmente ao usar o banheiro, ao tossir e espirrar e antes de comer, sempre esfregando entre os dedos e unhas. Caso esteja em local onde não consiga lavar as mãos, utilize álcool em gel. Ao tossir ou espirrar nas mãos, partículas podem ficar entre os dedos e nas unhas, facilitando a transmissão para outras pessoas.

Distância social

A forma de contágio do coronavírus se dá através de gotículas expelidas ao tossir e espirrar, por isso, a recomendação é que se mantenha distância de outras pessoas, a fim de que seu organismo não esteja em contato com essas partículas que podem estar infectadas.

Se possível, fique em casa

Lugares com grande fluxo de pessoas criam situações de risco para a transmissão do coronavírus, por isso, fique em casa. Especialmente se não estiver se sentindo bem. Isso evita expor pessoas na escola e no trabalho para a doença. 

Evite apertos de mão

Evite apertos de mão, pois nossas mãos carregam muitos germes. A mudança para outro método de saudação é incentivada e recomendada. As pessoas podem, como alternativa, acenar, se curvar, ou colocar a mão sobre o coração. Os toques de cotovelo, que algumas pessoas já estão usando e recomendando, são realmente desencorajados porque, para fazer isso, você ainda precisa ficar a menos de um metro e meio da outra pessoa.

Busque informações confiáveis 

Com o grande fluxo de informações disponíveis, é comum que muitas estejam incorretas, por isso, é importante que a população busque órgãos governamentais para que sejam obtidas as informações atualizadas e corretas.

 

[email protected]