Cidadeverde.com

Prefeitura estuda instalar dois hospitais de campanha para pacientes com covid-19

  • firmino-hiper-6.jpg Foto: Christhian Sousa/TV Cidade Verde
  • firmino-hiper-5.jpg Foto: Christhian Sousa/TV Cidade Verde
  • firmino-hiper-4.jpg Foto: Christhian Sousa/TV Cidade Verde
  • firmino-hiper-3.jpg Foto: Christhian Sousa/TV Cidade Verde
  • firmino-hiper-2.jpg Foto: Christhian Sousa/TV Cidade Verde
  • firmino-hiper-1.jpg Foto: Christhian Sousa/TV Cidade Verde

O prédio onde funcionou um supermercado na avenida Frei Serafim está sendo estudado para virar, caso seja necessário, um hospital de campanha para tratar pacientes com a covid-19. O prefeito de Teresina, Firmino Filho, visitou o local na tarde desta quarta-feira (25). Além desse prédio, a sede do antigo Lar da Fraternidade também foi cogitada para virar um segundo hospital, totalizando 135 leitos.

"Nós estamos nos antecipando a ocorrência de problemas mais graves em nossa cidade. Nesse momento nós temos uma rede com vários hospitais de média complexidade. Estamos vendo ainda o imóvel onde ficava o Lar da Fraternidade", afirmou Firmino Filho.

Segundo ele, a ideia é fazer um planejamento da forma mais rápida possível e transformar esses locais em hospitais de campanha. "Para que nós possamos dar uma atenção de média complexidade a mais de 135 pessoas somente nesses dois imóveis. Não queremos que isso aconteça, mas devemos estar preparados para essa eventualidade", declarou.

De acordo com o presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Manoel Moura Neto, a rede de saúde está sendo fortalecida para o enfrentamento ao Coronavírus. “A FMS tem tomado várias medidas administrativas para lidar com a situação. Isso é necessário porque as experiências com outros países e os números nos mostram que pode haver na capital um aumento de casos. A instalação de Hospital Campanha é mais uma estratégia para estruturar a rede”.

De acordo com a diretora de assistência hospitalar da FMS, Jesus Mousinho, a equipe técnica da FMS está empenhada em avaliar a possibilidade de instalação de Hospital Campanha. “Nesse local, que ainda será definido, atenderíamos pacientes com quadro leve de Coronavírus. Para tanto, teríamos leitos de internação e contaríamos com servidores de saúde. O setor de engenharia da FMS também está elaborando projetos”, finalizou.

Hérlon Moraes (Com informações da PMT)
[email protected]