Cidadeverde.com

Sesapi confirma que nenhum profissional da Saúde do estado está com coronavírus

Fotos: Roberta Aline/Cidadeverde.com

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) divulgou na tarde desta quinta-feira que até agora não notificou nenhuma contaminação dos profissionais de saúde do Estado pela Covid-19. 

Em nota, a Sesapi reconhece que profissionais da Saúde "são o grupo populacional de maior risco porque trabalham diretamente nas áreas com pacientes acometidos pelo vírus. No mundo, pelo menos 12% dos profissionais da área de saúde acabam sendo contaminados".

A Secretaria de Saúde reforça que "o Governo do Estado do Piauí tem feito parcerias com empresas para confecção de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), como máscaras e aventais, para que os profissionais trabalhem com extrema proteção".

O superintendente de Gestão de Média e Alta Complexidade da Sesapi, Alderico Tavares, disse que o Piauí tem primado pelo uso de EPIs como matéria prima essencial nesse momento de crise. 

“Estamos também adquirindo os testes rápidos para esses profissionais da linha de frente e vamos estabelecer um protocolo clínico, de acordo com a sintomatologia de cada um. Mudamos até mesmo as escalas de trabalho nos hospitais. Os estudos mostram que quanto menos o profissional está exposto numa área infectada, menos chances têm de contaminação”, explica.

Tavares também acrescenta que os plantões diurnos foram divididos em turnos de seis horas. “Também reduzimos o número de servidores nas áreas administrativas dos hospitais para evitar aglomeração”.

Já o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, enfatiza que o Governo tem investido em parcerias com fábricas do Estado para aumentar o número de Equipamentos de Proteção Individual para seus profissionais. 

“A rápida disseminação do vírus desafia qualquer sistema de saúde, mas estamos lutando para proteger ao máximo possível quem está na linha de frente no combate: os valorosos profissionais da saúde que estão todos os dias nos hospitais”, diz.

 

Carlienne Carpaso (com informações da Sesapi)
[email protected]