Cidadeverde.com

Próximas semanas serão decisivas, diz secretário sobre Covid-19 em Teresina

O secretário municipal de Governo, Fernando Said, pediu cautela à população de Teresina para os próximos dias. Alertando para a aglomeração de pessoas em alguns pontos da cidade, o secretário reforçou a gravidade do vírus e a inviabilidade atual de mensurar o nível de contaminação do vírus no território da capital.

“As duas próximas semanas, essa que estamos vivendo agora e a próxima, serão circunstanciais para que a gente faça uma avaliação mais adequado do momento em que nós estamos vivendo”, disse.

Said falou que o momento ainda não é de flexibilizar as medidas de isolamento. 

“Estamos navegando no escuro. Nós não temos dados científicos, concretos, a respeito como está o nível de contaminação na cidade de Teresina, se nós estamos no pico, se nós estamos na fase intermediária, se estamos começando. Não temos dados que deem segurança para tomarmos medidas de avançarmos no sentido de promover alterações nos decretos”, explicou.

O secretário informou que a segunda formatação do decreto não flexibilizou o isolamento, apenas contemplou alguns setores de apoio como as oficinas mecânicas, importante aos serviços tidos como essenciais. 

“Juntamos o decreto anterior com essas novas necessidades que são poucas mas que fazem parte de uma cadeia. A ordem geral é: suspender todo tipo de comércio”, afirmou. “É preciso que nós teresinenses, nós piauienses, tenhamos consciência da gravidade que nós estamos vivendo”. 

Fernando Said defende ainda que locais que recebem fluxo de pessoas, como supermercados e agências bancárias, controlem a entrada e saída de pessoas de modo que elas circulem a pelo menos dois metros de distância uma das outras. 

Valmir Macêdo
[email protected]