Cidadeverde.com

Prefeitura nega áudio que contesta Covid-19 de prefeito Antônio Felícia


Foto: Ascom/Prefeitura

A prefeitura de São José do Divino divulgou uma nota que nega as informações repassadas em um áudio que circula nas redes sociais. Na gravação, uma mulher, que era apontada como secretária do prefeito Antônio Felícia, contesta que ele tenha morrido com coronavírus.

O prefeito morreu na madrugada de sexta-feira (27), no Hospital Dr. José Brito Magalhães, no município de Piracuruca. No sábado (28), os exames testaram positivo para Covid-19.

"Se até hoje a filha dele, a esposa dele, o motorista dele já deveriam estar infectados. Eu mesmo era pra ser infectada, peguei dinheiro da mão de seu Antônio”, diz a mulher no áudio. “Isso aí tem falcatrua. Não sei se eu tô errada. O que me dói mais é que seu Antônio foi enterrado como um indigente, como uma pessoa qualquer”, diz. 

Em nota, a prefeitura ressalta que já foi identificada a  autora do áudio e que não se trata de uma secretária ou de uma pessoa próxima ao prefeito.

A prefeitura alerta ainda que "autores e propagadores de informações que objetivam deturpar a realidade dos fatos, poderão responder por seus atos na esfera cível e penal".

A nota é assinada pelo atual prefeito Francisco de Assis Carvalho que assumiu a gestão após a morte de Antônio Felício.

Foto: Reprodução

Valmir Macêdo
[email protected]