Cidadeverde.com

Mulher de 53 anos testa positivo em Piracuruca, e Piauí chega a 26 casos do novo coronavírus

Foto: Cadu Rolim /Fotoarena/Folhapress

A Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi) confirmou, nesta segunda-feira (6), mais dois casos de pacientes infectados pelo coronavírus. Um homem de 56 anos, de Teresina, e uma mulher de 53 anos, de Piracuruca, testaram positivo para a Covid-19. 

Com os dois novos casos, o número de testes positivos no Piauí chega a 26, em cinco municípios do estado. Foi o primeiro caso de Piracuruca, que se junta a São José do Divino, Parnaíba, Campo Maior e Teresina no mapa da pandemia. 

Desde o início do registro de casos no Piauí, quatro pacientes morreram: dois de Teresina, um de Parnaíba e outro de São José do Divino - o prefeito Antonio Felícia (PT), que buscou atendimento em Piracuruca após sentir os primeiros sintomas da Covid-19. 

Outros casos
Entre os casos confirmados estão Cleanio da Luz Lima, professor de Física da Universidade Federal do Piauí (UFPI), e Maurílio Melo, ex-deputado estadual, ambos internados em Teresina (PI). 

Mais testes
O boletim desta segunda-feira registrou um aumento no número de resultados de testes: foram 65 no total, sendo 63 casos descartados. 

Na semana passada, o Piauí divulgou entre 40 e 50 resultados de testes por dia. Para aumentar a realização de exames, o Laboratório Central de Saúde Pública do Piauí (Lacen-PI) passou a funcionar durante 24 horas por dia

A demanda deve crescer com a chegada dos testes rápidos enviados pelo Ministério da Saúde. Quatorze hospitais farão os exames. Em caso positivo, o Lacen-PI fará a contraprova. 

Com o aumento no número de testes, a fila de casos suspeitos diminuiu para 251. Foram descartados 674 pacientes desde o início das ações para conter o avanço do novo coronavírus no Piauí.

 

Casos curados
Depois de iniciar a divulgação do número de pacientes curados, a Sesapi deixou de informar esses dados no seu boletim.  

O superintendente de Atenção a Saúde, Herlon Guimarães, explicou que a secretaria aguarda definição de protocolo do Ministério da Saúde para informar sobre o número de pacientes curados - dado que ainda não é divulgado pelo próprio Governo Federal no boletim nacional. 

Fábio Lima
[email protected]