Cidadeverde.com

Presidente do TJ diz que Justiça não para e pede que população fique em casa

Foto: RobertaAline/CidadeVerde.com

Devido a pandemia do coronavírus, as atividades do Tribunal de Justiça do Piauí deixaram de ser presenciais e são realizadas de forma virtual. O presidente do Tribunal, desembargador Sebastião Ribeiro Martins, fez um pronunciamento informando que os serviços da Justiça continuam em pleno funcionamento, mesmo que de forma virtual. 

Sebastião Ribeiro Martins aproveitou para reforçar o pedido das autoridades do estado para que a população não saia de casa. Durante o período de pandemia, o Tribunal de Justiça já realizou 250 mil atos processuais. 

“Neste período da epidemia do coronavírus, Pode Judiciário  trabalha em regime de tele trabalho. Quero dizer  que o Poder Judiciário não parou. Todos os juízes, servidores e desembargadores estão trabalhando no sistema de home office, das suas casas. É importante salientar que já foram praticados, neste período, mais  de 250 mil atos processuais entre  despachos,  decisões,  sentenças e  decisões interlocutórias que são as liminares. Também funcionamos em regime de plantão nos finais de semanas inclusive a noite”, explicou. 

O presidente destacou a importância da tecnologia e o esforço dos membros do Tribunal para que as atividades sigam funcionando normalmente. 

“É importante  destacar que tudo isso é possível graças  ao processo judicial eletrônico. Temos na área jurisdicional o PJE e na área administrativa o Processo eletrônico de informação. Todos trabalhando de casa por meio de seus computadores e internet. O importante é que a população saiba disso, que o judiciário encontra-se de plantão, aguardando as manifestações das partes. O habeas corpus são despachados normalmente. Queremos tranquilizar o povo do estado e pedimos para que todos fiquem em casa, para que possamos superar essa questão”, afirmou.

 

Lídia Brito
[email protected]