Cidadeverde.com

Pessoas se aglomeram na Receita Federal e PM é acionada; delegado faz apelo

  • receita11.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • receita9.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • receita8.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • receita7.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • receita6.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • receita5.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • receita4.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • receita3.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • receita2.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • receita1.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com

O delegado da Receita Federal no Piauí, Eudimar Alves, faz um apelo para que, antes de tentar regularizar o CPF, os beneficiários que possuem direito ao auxílio emergencial de R$ 600 tentem novamente se cadastrar no aplicativo desenvolvido pelo governo Federal. Na manhã desta quinta-feira (9) dezenas de teresinenses se aglomeram em frente ao prédio da Receita, na Praça Rio Branco. A Polícia Militar foi acionada para controlar a fila, que está dobrando a esquina. 

Eudimar Alves explica que a Receita Federal detectou que houve erros no sistema do aplicativo e, por isso, alguns beneficiários não conseguiram concluir o cadastramento. Segundo o delegado, as inconsistências foram resolvidas ontem mesmo.

“Primeiro apelo é que a pessoa repita o seu cadastramento no aplicativo. Façam isso mais uma vez no sistema”, pede.

Persistindo a impossibilidade na habilitação por pendência no CPF no aplicativo da Caixa, verifique se o seu CPF encontra-se na situação "Regular" por meio da consulta no site da Receita Federal na Internet, no seguinte endereço:

https://servicos.receita.fazenda.gov.br/Servicos/CPF/ConsultaSituacao/ConsultaPublica.asp

Se o CPF estiver regular, qualquer restrição apresentada pelo aplicativo Caixa - Auxílio Emergencial não deve estar relacionada a uma pendência com a Receita Federal.

O  delegado Eudimar voltou a dizer que não precisa ir à Receita Federal para regularizar o CPF. A regularização pode ser solicitada por e-mail. 

No endereço corporativo [email protected] o usuário precisa colocar o nome completo, o CPF, um telefone para possível contato, descrever de forma sucinta a solicitação, anexar a documentação como RG, título de eleitor e um comprovante atualizado de endereço e aguardar uma resposta.

Quem não tiver acesso à internet pode ir a Receita que os documentos serão coletados e  enviados para uma equipe remota fazer a regularização imediata.

Izabella Pimentel
[email protected]