Cidadeverde.com

Funcionário de empresa eólica é primeiro caso confirmado em Lagoa do Barro

Foto: Marquino Rocha

Um homem de 32 anos, é o primeiro caso confirmado na região de Lagoa do Barro (a 542 km de Teresina). Ele testou positivo para a Covid-19 na noite deste sábado(18) em atendimento por teste rápido no hospital do município. Ele estava com sintomas de gripe quando foi encaminhado à unidade de saúde. 

A informação foi confirmada pelo prefeito de Lagoa do Barro, Gilson Nunes (PSD), que disse que depois da testagem foi realizada a coleta para a contraprova e encaminhado ao Lacen em Teresina. 

“O resultado deve sair na terça-feira(21). Ele é residente de Marcolândia, mas mora em casa alugada aqui em Lagoa do Barro com mais três pessoas e trabalha no complexo eólico Lagoa dos Ventos. Estamos fazendo a triagem para tentar cessar a contaminação”, disse o prefeito ao Cidadeverde.com. 

A empresa Enel Green Power confirmou que ele é colaborador de uma empresa parceira da companhia e que já estava em quarentena, desde o dia 16 de abril, na casa onde residia em Lagoa do Barro, quando apresentou sintomas de gripe.

"Ele apresenta quadro de saúde estável e aguarda, em isolamento domiciliar, o resultado do exame laboratorial para confirmar o diagnóstico. Toda a equipe que teve contato com o colaborador foi colocada também em quarentena", informa a empresa em nota ao Cidadeverde.com.

O prefeito de Lagoa do Barro  disse que na cidade vigora o decreto de distanciamento social, mas as empresas eólicas cumprem planos de contingenciamento. No caso da Enel, por exemplo, a empresa opera atualmente com 1.100 funcionários, o que representa 40% de trabalhadores e instalou barreiras sanitárias nos acessos a obra.  

A companhia informou que tem implementando todas as ações necessárias de precaução de contato físico e reforço da limpeza em suas instalações, incluindo canteiros de obra, seguindo as orientações das autoridades de saúde.

"A empresa vem adotando uma série de medidas como a medição da temperatura das pessoas diariamente na entrada do local de trabalho, com uma equipe dedicada a esta função, a higienização diária dos veículos usados para o transporte dos trabalhadores e o distanciamento entre as pessoas nos espaços comuns, como os ambientes de alimentação, onde as refeições são feitas em turnos. A empresa também adotou medidas adicionais de segurança nos procedimentos de troca de turno e reforçou a conscientização dos colaboradores com treinamentos e palestras para que as pessoas adotem sempre, inclusive fora do ambiente de trabalho, os comportamentos indicados para proteção contra o novo Coronavírus", destaca a nota.

Recentemente, foram realizadas inspeções na obra e suas instalações pela Prefeitura e pela Vigilância Sanitária Estadual. Como solicitado pelo Governo do Estado, a companhia também passará  a realizar testes regulares da Covid-19 em todos os trabalhadores que atuam em seus empreendimentos no Piauí.

Foto: Marquino Rocha

Segundo o prefeito, todas as medidas são válidas, mas ainda há perigo e que por ser uma concessão estadual, ele não consegue que o decreto atinja a fábrica. 

“Lá eles tomam todos os cuidados de higiene, mas não tem como não ter aglomeração em uma empresa com mil funcionários! No almoço ou no transporte com certeza há. Até então, não havia nenhum caso, hoje a coisa já muda, mas eu sempre usei o argumento que não adiantava parar depois de contaminar”, ressalta Gilson Nunes. 

E completa: "É uma medida que não depende só dos dirigentes da fábrica, tem que partir de cada um e há muita resistência, porque questionam se a fábrica pode ficar aberta, por quê eles não podem ficar nas ruas e isso não nos ajuda", lamenta o prefeito.

O indíce de isolamento social na última sexta-feira(17), de acordo com a Prefeitura, foi de apenas 27,7%, quando o recomendado é 73%. 

 

NOTA OFICIAL

A Prefeitura Municipal de Lagoa do Barro do Piauí - PI, por meio da Secretaria Municipal de Saúde,  vem a público informar, que hoje, 18/04/2020 foi confirmado através de teste rápido o primeiro caso do novo Coronavírus(Covid-19).

Trata-se de uma pessoa do sexo masculino de 32 anos de idade que apresentou sintomatologia sugestiva. O paciente será transferido para Hospital de referência para avaliação, seguindo os protocolos do Ministério da Saúde.

Manteremos a população informada a respeito do resultado do exame laboratorial e conclamamos a população para adoção das medidas de prevenção.


Caroline Oliveira
[email protected]