Cidadeverde.com

Governo vai ranquear atividades para definir reabertura gradual

Em entrevista ao Jornal do Piauí,  o governador  Wellington Dias (PT) explicou como será o processo de abertura gradual de algumas atividades econômicas. A previsão do Comitê Emergencial da Covid19 é que  o retorno possa se iniciar a partir do dia 08 de junho. 

No dia 02 de junho deve ser apresentado protocolo para a abertura gradual de algumas atividades econômicas. Tudo dependerá da estabilização dos números de casos e da definição do protocolo que as empresas deverão seguir. 

O governador afirma que as atividades receberão pontuação quanto a necessidade de abertura e o risco de contaminações. Isso irá ajudar a definir a necessidade de retorno dos setores. 

‘Pelo que temos de evidencias, estamos vivendo um período de forte crescimento de infecções. A demanda cresceu. Estamos chegando perto de 50% de pacientes graves. Não podemos estragar essa construção. Até o final do mês teremos crescimento e depois estabilização. O comitê emergencial covid-19 irá elaborar  o protocolo de como serão as regras na parte da saúde para evitar e reduzir risco. Segundo as regras de estratégias do retorno. Vai se criar uma pontuação levando em conta a importância economia e o risco para a saúde’, explicou. 

Wellington Dias defendeu o protocolo de atendimento médico instituído no Piauí, que tem como prioridade identificar os pacientes ainda nos primeiros dias de infecção. Segundo ele, isso é fundamental para salvar vidas e evitar o colapso do sistema de saúde.

‘O protocolo do Piauí tem sido exemplo para o Brasil inteiro. O trabalho de identificar as pessoas contaminadas ainda no início da doença é essencial. Isso possibilita que os pacientes não cheguem a uma agravação do estado de saúde. Com isso, o sistema de saúde não entra em colapso. A decisão sobre que remédio será usado é de decisão do médico. É importante ter esse controle do número de pessoas infectadas no período em que podem transmitir a doença’, destacou. 

Foto: RobertaAline/CidadeVerde.com

O governador falou do decreto restringindo o funcionamento de mais setores de atividades econômica no final de semana. A medida é semelhante ao lockdown parcial adotado no fim de semana passado. Apenas farmácias e setores considerados essenciais ficarão em funcionamento.

Segundo o governador, as medidas de restrição anunciadas no final de semana resultaram em algo em torno de 8 mil pessoas a menos infectadas pelo coronavírus. Ele voltou a defender que o isolamento é fundamental. O objetivo é que o índice passe de 50% nos próximos três dias,  com o novo decreto. As medidas começam a valer nesta sexta-feira (22), com a antecipação do feriado de Nossa Senhora da Conceição, em Teresina. O objetivo é ter o menor número possível de pessoas circulando. 

‘Temos um outro decreto para o final de semana. A Câmara de Teresina aprovou a antecipação do feriado de 08 de dezembro para esta sexta. E no sábado e no domingo teremos medidas para os município do  interior. Vamos definir os setores que ficarão em atividade e o funcionamento do transporte público. Com as medidas do último final de semana, cortamos um patamar  elevado de infecções. São 8 mil pessoas a menos infectadas no estado’,destacou. 

Lídia Brito
[email protected]