Cidadeverde.com

Bairros Itararé e Jóquei lideram casos de covid-19 em Teresina, revela painel

 

 

Gráfico desenvolvido pelo engenheiro agrimensor e cartógrafo Vicente de Paula Sousa Junior mostra a evolução do novo coronavírus em Teresina. O mapa é desenvolvido com base nos dados do Painel Covid-19, da Fundação Municipal de Saúde (FMS). 

Nos primeiros registros de coronavírus em Teresina os bairros zona Leste ocupavam as primeiras três colocações de casos. O  gráfico mostra que o vírus tem se espalhado por toda Teresina e os primeiros lugares agora estão nas regiões Sudeste, Leste e Norte. 

No dia 20 de maio o Itararé, na zona Sudeste, tinha 66 casos de Covid-19. Ontem (31) esse número subiu para 85 e o bairro tem o maior número de moradores com doença em Teresina. O Jóquei, na região Leste, aparece em 2º lugar, com 59 casos em 20 de maio e 80 até o dia o dia 31. 

O bairro Mocambinho, na zona Norte, também tem registrado acréscimo nos casos de Covid-19. Eram 46 casos no dia 20 de maio e agora são 65. 

O descumprimento nas regras de isolamento social pode ter consequência no crescimento dos casos nas regiões, que começaram a ter aumento “preocupante” no começo de maio. 

“No início de maio (03 de maio) o Itararé iniciou uma crescente de casos e em 15 de maio ele se tornou o bairro com maior número de casos. O Mocambinho coincide com o mesmo período de crescente do Itararé (pode ser por serem os bairros mais populoso da cidade) e se torna o terceiro em casos dia 18 de Maio. Eu tenho os dados do isolamento social do dia 04 de maio e o Itararé tinha taxa de 46,32% e o Mocambinho 49,03%. Ou seja, o baixo isolamento social pode ter sido uma das variáveis que fez esse crescimento de casos ocorrer nesses bairros”, explica Vicente.

Vicente destaca que o bairro Mocambinho influencia espacialmente o crescimento nessa região (acima da Ponte da Primavera ), de bairros como Primavera[36 casos], Santa Maria[35] e Buenos Aires[42].

“Eles são bem próximos do Mocambinho .Assim como há influência do bairro Jóquei na Zona Leste (Fátima[49] e Ininga[50]). Na Zona Sul e Sudeste os focos estão um pouco mais distantes”, acrescenta Vicente.

A Zona Leste é a região onde há mais casos desde o início do monitoramento. Já as zonas Centro-Norte e Sul estiveram atrás seguindo basicamente o mesmo número de casos até o dia 14 de maio.

“A região Centro-Norte começou a ter uma crescente nos números e chegou até bem próximo da Zona Leste. Espacialmente falando, os casos iniciaram nas áreas mais nobres e estão chegando aos bairros mais distantes”, afirma o engenheiro e cartógrafo.

Segundo os dados do painel Covid-19, Teresina tem altualmente 2304 casos confirmados de Covid-19 e 112 óbitos pela doença.


Izabella Pimentel
[email protected]