Cidadeverde.com

Comitê prevê liberar 50% das atividades em quatro fases; confira critérios

Foto: Roberta Aline


O Comitê que discute a retomada gradual das atividades econômicas no estado já fechou uma minuta de protocolo para ser adotada por prefeitos e empresários. 

O protocolo vai trabalhar em quatro fases - de zero a três - e prevê liberar 50% das atividades prioritárias. 

Itens do protocolo poderão ser alterados. Hoje, haverá nova reunião do comitê e amanhã a minuta será apresentada ao governador Wellington Dias (PT). 

Divisão do estado

Para melhor monitorar os leitos de UTIs e transmissibilidade do vírus, o governo dividirá o estado em oito regiões. 

Os territórios serão a base da estrutura para monitoramento de risco para a covid-19 - alto, médio e baixa. 

O governo garante que o setor epidemiológico é que vai nortear o protocolo, respeitando a ciência. 

Fase zero

O comitê iniciará a fase com "zero", criando possibilidade de reabrir os estabelecimentos, mas se houver aumento de casos do novo coronavírus, o governo voltará atrás e determinará o fechamento do setor.

1º de junho será data definidora

A partir desta segunda-feira (1º de junho), o governo institui como data que iniciar a contagem regressiva para reabertura. Hoje será a data termômetro para avaliar se os números da doença estarão em queda. Dia 7 encerra o decreto de isolamento, no dia seguinte, 8, haverá um balanço geral para saber se os indicadores foram alcançados. 

O governo não tem data prevista para a retomada das atividades.

 

Veja também:

Governo fecha minuta de protocolo de reabertura e fará consulta; confira pontos

 

Flash Yala Sena
[email protected]