Cidadeverde.com

Agente de portaria é preso por furto de testes de Covid-19; exame era negociado a R$ 32

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com

O Grupo de Repressão ao Crime Organizaco (Greco) prendeu, nesta segunda-feira (1º), um agente de portaria suspeito de furtar 30 testes de covid-19 de um prédio da Fundação Municipal de Saúde (FMS), de Teresina. As informações foram divulgadas pela Polícia Civil do Piauí. 

O crime teria ocorrido na noite da última quinta-feira (28). O suspeito trabalha em um anexo do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), do Ministério Público do Piauí, na zona Leste da capital. No local, também há um anexo da FMS, órgão da Prefeitura de Teresina, de onde foram furtados 30 testes para covid-19. 

Identificado com as iniciais F.A.N.O., o agente de portaria teria furtado os testes na noite na qual cumpriu escala de serviço. 

A Polícia Civil informou que os exames estavam sendo negociados a R$ 32 cada um, no momento da abordagem dos investigadores do Greco. 

O suspeito vai responder por crime de furto qualificado. 

A Polícia Civil divulgou o número de telefone (86) 99991-0455 para envio de denúncias anônimas para agentes do Greco. O sigilo das informações e do denunciante são garantidos. 

Fábio Lima
[email protected]