Cidadeverde.com

Governo manterá isolamento social, mas vai flexibilizar setores de baixo risco no PI

Foto: Ccom/PI

Atualizada às 12h30

O governador Wellington Dias passa a manhã de sábado (06) em reunião por meio de videoconferência com representantes do COE (Comitê de Operações Emergenciais de Combate a Covid-19). Wellington Dias discute os indicadores de saúde para uma possível reabertura das atividades econômicas na próxima semana. 

O Governo do Piauí analisa informações sobre o atual índice de leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo), a taxa de transmissibilidade do vírus - que está em queda chegando a 0,9 - e o índice de mortalidade no estado. Esses três critérios são fundamentais para flexibilizar as atividades econômicas. 

Decreto Isolamento Social

O Cidadeverde.com apurou que o governador Wellington Dias vai manter o isolamento social mesmo com a flexibilização de setores que apresentam baixo risco em levantamento feito pelo comitê. 

O decreto de isolamento social vence neste domingo (07) e o governador deverá prorrogá-lo, mas, ainda assim, poderá abrir setores, que vai depender dos dados epidemiológicos recebidos na manhã deste sábado.

Manter as pessoas em casa ainda é objetivo do governo, que é a ferramenta mais eficaz de combater ao novo coronavírus. 

O protocolo geral criado pelo Comitê prevê que as pessoas permanecem em casa e só saem em caso de necessidade, mesmo com a reabertura das atividades. 

Hoje a tarde, o governador Wellington Dias voltará a se reunir com o COE ampliado, que possui representantes de vários órgãos, dentre eles o Tribunal de Justiça, a Assembleia Legislativa, o Ministério Público, o Tribunal de Contas do Estado e o Conselho Regional de Medicina. No encontro, o governador apresentará aos representantes dos órgãos os indicadores de saúde divulgados hoje pelo COE. Com esses dados em mãos, o governo deve anunciar se haverá ou não a flexibilização de setores. 

O Estado irá fazer 22 protocolos específicos para cada setor: construção civil, comércio, industria, administração pública, bares, restaurantes, igrejas, salão de beleza, por exemplo. 

De hoje para amanhã (07), o governo deve anunciar novas medidas e a data para a retomada das atividades. 


Foto: Ccom/PI

Lockdown descartado 

O Governo do Piauí descartou decreto de um lockdown parcial com restrições neste domingo (7), após três finais de semana seguidos com essa medida. A informação foi confirmada ao Cidadeverde.com pela assessoria do Governo do Estado neste sábado (6), que também informou sobre uma reunião ampliada do governador Wellington Dias com o Comitê de Operações Emergenciais (COE) às 16 horas de hoje para discutir quais medidas serão adotadas com o fim do prazo do decreto de isolamento, que se estende até o dia 7 de junho.

O governo chegou a anunciar protocolos para a retomada das atividades econômicas e abriu uma consulta pública para a participação da população que contribuiu com mais de 700 sugestões.

Na última pesquisa da amostragem revelou uma redução no número de pessoas contaminadas por covid no Piauí. Nas primeiras pesquisas, o número de contaminados crescia 4 vezes a cada 15 dias e na última amostra o número de contaminados foi para 0,5 vezes maior. A taxa de transmissibilidade, segundo a amostragem está em 0,9, abaixo de 1, como recomenda a Organização Mundial de Saúde (OMS) para uma conjuntura favorável para a retomada gradual de atividades econômicas.

O governador Wellington Dias anuncia que a ciência será respeitada e esse retorno só acontecerá se tiver ambiente seguro para a abertura do comércio. 

Indústria, construção civil, comércio e agropecuária estão entre as atividades consideradas de menor risco e que deverão ser liberadas em uma primeira etapa do retorno, ainda sem data anunciada. O decreto de isolamento social encerra neste domingo, e o governo estuda reabertura de alguns setores. Veja na íntegra o plano de retomada apresentado pelo governo

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com


 


Valmir Macêdo e Yala Sena
[email protected]