Cidadeverde.com

Ocupação de UTIs para pacientes com Covid em Teresina chega a 78%

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com

A ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs) que foram dedicados ao tratamento de covid-19 no Piauí atingiu pela primeira vez a marca de 70% desde o início da pandemia, sendo 78% em Teresina, capital do estado. As informações constam em boletim (veja aqui) divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), na noite de sexta-feira (12). 

Mais 12 pacientes foram internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), que agora têm 237 leitos ocupados - 70,33% do total - e 100 livres em todo o estado. 

Se essa marca tivesse sido alcançada no dia 12 de maio, não haveria vagas de UTI Covid-19 para todos os pacientes - eram 236 disponíveis. Somente no início de junho, com a chegada de novos respiradores, a capacidade cresceu de forma mais rápida, chegando aos 337 leitos de hoje. 

O crescimento da ocupação das UTIs é de quase 20% nos últimos três dias - eram 199 internados em terapia intensiva na terça-feira (9).

Somados os internados em terapia intensiva aos 11 pacientes em estabilização, são 248 leitos com respiradores ocupados - 63,27% do total. O maior patamar havia sido de 61,51%, no dia 1º de junho, antes da chegada de novos equipamentos para ampliação da capacidade hospitalar. 

Capital
A ocupação de UTIs Covid-19 em Teresina, que recebe pacientes de outros municípios e estados, chegou a 78,1%, segundo os números da Sesapi. Dos 224 leitos, apenas 49 estão livres. 

 

 

 

Na rede privada, estão ocupados todos os leitos de UTI Covid-19 dos hospitais São Marcos (20), Unimed (20) e Prontomed (30) - outras 30 vagas foram contratadas pelo Estado no Prontomed, sendo que 22 têm pacientes. 

A única UTI lotada na rede pública na capital é a do hospital do Monte Castelo (5 vagas). Outras, como do Hospital de Urgência de Teresina (27 leitos ocupados de 28), Natan Portella (13 ocupados de 18), e Getúlio Vargas (35 de 40), estão perto da ocupação máxima. 

Interior

Fora da capital, a ocupação de UTIs Covid chegou a 54,9%. São 62 pacientes internados. 

No interior, Piripiri chegou 7 das 10 vagas de UTI ocupadas no hospital Chagas Rodrigues. 

O Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (Heda), em Parnaíba, tem 16 internados em UTI para 25 vagas. 

A situação é mais tranquila nas UTIs dos hospitais Tibério Nunes, em Floriano (5 leitos ocupados de 20), Justino Luz, em Picos (4 ocupados de 18), e Cândido Ferraz, em São Raimundo Nonato (2 ocupados de 10). 

Não há pacientes de terapia intensiva no Deolindo Couto, em Oeiras (10 vagas).  

Ocupação crescente

Mais 20 pacientes tiveram alta nas últimas 24 horas - 671 no total acumulado. O número não conseguiu impactar na situação hospitalar, uma vez que os leitos para tratamento de covid-19 que estão ocupados eram 621 e passaram para 650 no mesmo período. 

Na quinta-feira, eram 386 vagas ocupadas em leitos clínicos, com pacientes de quadro menos grave, recorde que foi quebrado no dia seguinte: 402 - 41,32% do total. 

Chama a atenção no último relatório a ocupação acima da capacidade no Hospital Universitário, com 20 internados em leitos clínicos para 17 vagas. 

Fábio Lima
[email protected]