Cidadeverde.com

Em 6 dias, barreiras sanitárias em Teresina identificaram 243 pessoas com sintomas da Covid

  • barreira_sanitaria_-26.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • barreira_sanitaria_-25.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • barreira_sanitaria_-24.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • barreira_sanitaria_-23.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • barreira_sanitaria_-22.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • barreira_sanitaria_-21.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • barreira_sanitaria_-20.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • barreira_sanitaria_-19.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • barreira_sanitaria_-18.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • barreira_sanitaria_-17.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • barreira_sanitaria_-16.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • barreira_sanitaria_-15.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • barreira_sanitaria_-14.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • barreira_sanitaria_-13.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • barreira_sanitaria_-12.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • barreira_sanitaria_-11.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • barreira_sanitaria_-10.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • barreira_sanitaria_-9.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • barreira_sanitaria_-8.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • barreira_sanitaria_-7.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • barreira_sanitaria_-6.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • barreira_sanitaria_-5.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • barreira_sanitaria_-4.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • barreira_sanitaria_-3.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • barreira_sanitaria_-2.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • barreira_sanitaria_.jpg Roberta Aline / Cidade Verde

As barreiras itinerantes em Teresina já encontraram 243 pessoas com sintomas gripais semelhantes aos da Covid-19. 

Essas barreiras foram montadas pela Guarda Civil Municipal e pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (STRANS). 

A Prefeitura de Teresina informou que "foram feitas 4.201 abordagens a veículos em seis dias de operação. Entre os sintomas mais relatados pela população estão cansaço, febre, tosse e dificuldade para respirar". 

O comandante da Guarda Civil Municipal,  coronel John Feitosa, relata que os dados são recolhidos por meio de entrevistas com as pessoas abordadas nas barreiras.  Além das perguntas, os agentes utilizam termômetros para medir a temperatura corporal. Os relatórios com as informações são repassadas à Fundação Municipal de Saúde (FMS). 

A FMS fica com a responsabilidade de fazer "o contato com as pessoas para monitorar e orientar os procedimentos adequados em cada caso".

As barreiras funcionam de forma itinerante e, ao longo do dia, as equipes vão se movendo para pontos de grande fluxo de veículos e pessoas, em todas as regiões da cidade, diz a Prefeitura de Teresina.

“Esse trabalho é contínuo. Estamos percorrendo pontos de grande concentração de pessoas, como o Centro da cidade e locais em que estamos percebendo, desde o início da fiscalização do isolamento, que ainda há muitos veículos transitando”, afirma coronel John Feitosa.

 

Carlienne Carpaso
[email protected]