Cidadeverde.com

Barragem do Bezerro é interditada após ataques de piranhas em José de Freitas

  • barragem6.jpg
  • barragem5.jpg
  • barragem4.jpg
  • barragem3.jpg
  • barragem2.jpg
  • barragem1.jpg

O secretário Municipal de Meio Ambiente e Turismo de José de Freitas, Fernando de Almendra Freitas, comunicou nesta quinta-feira (30) que a barragem do Bezerro, um dos principais pontos turísticos da cidade, foi interditada.

A interdição ocorreu após ataques de piranhas onde já feriu cerca de 100 pessoas, entre turistas e moradores. O último ataque foi a um garoto que teve o dedo amputado.

A pedido do Ministério Público, do promotor Flávio Teixeira, foram suspensos os banhos e passeio de barco por tempo indeterminado.

O secretário Fernando Freitas informou ao Cidadeverde.com que a barragem não sangra há seis anos e cresceu a quantidade de piranha no local.

“Em 2011, foram colocados peixes predadores, reduziu os números de ataques, mas nos últimos três meses tem aumentado com força total e estamos adotando medidas”, disse.

Grandes pescas

Fernando Freitas disse que a partir de segunda-feira vai iniciar grandes pescas na barragem para reduzir a quantidade de peixes na área. Ele informou ainda que vai pedir ajuda do Ministério da Pesca. 

Em 2011, o Ibama distribuiu mais de mil alevinos de tilápias para combater a reprodução das piranhas.

Na época, Romildo Mafra, que é atualmente superintendente da Secretaria Estadual de Meio Ambiente, foi pessoalmente acompanhar ações na barragem. Hoje, ele disse que a saída é distribui predadores no açude. 

 

Flash Yala Sena
yalasena@cidadeverde.com