Cidadeverde.com

Barragem do Bezerro ameaça romper e prefeitura faz obra emergencial de reparo

A estrada de acesso à barragem do Bezerro na cidade de José de Freitas, 55 km de Teresina, foi interditada na manhã deste domingo (08). As comportas foram abertas devido ao alerta de risco de rompimento da parede da barragem.  De acordo com o secretário de Meio Ambiente da cidade, Fernando Freitas, buracos surgiram na estrutura da barragem devido ao furto de pedras que formam a estrutura.

Ele afirma que, no momento, equipes da prefeitura e da Defesa Civil estão no local fazendo uma obra de emergência para recuperar a parede. As comportas forma abertas para liberar parte da água já que a barragem está com a capacidade máxima devido as fortes chuvas que atingem a região.

Fernando esclarece que com a obra o risco de rompimento estaria descartado, mas critica o Governo do Estado pela demora em atender as solicitações da prefeitura. O secretário informa que há meses a prefeitura encaminhou ofício ao governo pedindo uma obra de reparo no local. 

“Com esse reparo que estamos fazendo tudo vai ser resolvido. Não precisa pânico. A população e os turistas podem ficar tranquilos. Agora lamentamos a falta de atenção do governo. Há meses enviamos ofício solicitando reparo. Não precisava chegar a essa situação”, declarou.

A Polícia militar também esteve no local. Uma investigação deve ser realizada para apurar os responsáveis pelo roubo das pedras da parede da barragem. “Acreditamos que 100 carradas de pedra foram retiradas. Não temos informações dos responsáveis ainda”, afirmou.

A Barragem do Bezerro é o principal ponto turístico de José de Freitas. O secretário afirma que a população ribeirinha foi informada da abertura das comportas para evitar prejuízos e inundações. 

A assessoria da Defesa Civil informou que o secretário, Raimundo Coelho, só irá se pronunciar depois que receber o relatório técnico sobre as condições da barragem.

Lídia Brito
redacao@cidadeverde.com