Cidadeverde.com
Entretenimento

Deoclécio Dantas e Wilson Brandão são eleitos para Academia de Letras

Imprimir
O deputado estadual e secretário de Governo, Wilson Brandão, e o jornalista e escritor Deoclécio Dantas foram eleitos na manhã do último sábado (12) para a Academia Piauiense de Letras.


O parlamentar foi eleito com 33 votos para a cadeira de número 4, que já foi ocupada pelo advogado Palha Dias e por Fernando Lopes. "Sempre busquei estudar, ler, escrever e acredito que venho acumulando todos os pré-requisitos para a cadeira", disse Brandão.


O deputado é engenheiro e bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais, membro da Academia de Letras Jurídicas e  professor titular de Direito Civil da Universidade Federal do Piauí (UFPI) e do IFPI. O novo membro da APL já publicou 12 livros, entre eles, “Mitos e Legendas da Política Piauiense”, e possui trabalhos publicados nas áreas de Filosofia, Sociologia, História e Literatura.

Já Deoclécio Dantas foi eleito com 29 votos para a cadeira de número 15, em substituição ao acadêmico Benjamin do Rêgo Monteiro. "Ocupar estas vagas é o sonho de todo jornalista e escritor. Estou muito feliz e me sinto honrado", disse o jornalista.


Deoclécio é também político piauiense e foi vice-prefeito de Teresina entre 1986 e 1989 na segunda administração de Wall Ferraz. É formado em contabilidade, mas foi como jornalista que seguiu carreira. Dentre outras atividades, foi membro do Instituto Histórico e Geográfico do Piauí, do Conselho Estadual de Cultura, da Campanha Nacional das Escolas da Comunidade e do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Piauí. Autor de vários livros, entre eles o de título “Dá Licença?”.

Os novos acadêmicos terão até 90 dias para tomar posse na APL. 

Jordana Cury
redacao@cidadeverde.com

Imprimir